Geral

Fiscais apreendem mais 211 kg de pescado irregular e três mil metros de redes

Fiscias da secretaria estadual de Meio Ambiente (Sema), em parceria com o Batalhão de Polícia Militar de Proteção Ambiental, apreendeu, esta tarde, cerca de 211 kg de pescado irregular e três mil metros de redes no município de Barão de Melgaço ( 110 km de Cuiabá). Foram apreendidas três tarrafas. O coordenador de Fiscalização de Fauna da Sema, Júlio Reiners, disse que as espécies eram de pintado, pacu, jaú e cachara que serão doados para a Associação de Amigos da Criança com Câncer, Sociedade Beneficente da Santa Casa de Misericórdia e Associação Espírita Wantuil de Freitas.

A lei estadual exige que pescadores amadores e profissionais tenham carteira de pescador. Na pesca amadora, o pescador pode capturar e transportar até 5 kg e um exemplar, independente de peso. Já os pescadores profissionais têm o limite de 125 kg de pescado por semana. Durante a piracema só será permitida a modalidade de pesca de subsistência, praticada artesanalmente por populações ribeirinhas e/ou tradicionais, como garantia de alimentação familiar, informa a assessoria.