Geral

Empresário assassinado em caminhonete será sepultado hoje em Sorriso

Pedro Rossi Neto, de 45 anos, está sendo velado na capela mortuária anexa ao cemitério e o sepultamento será logo mais às 10h, em Sorriso, de acordo com a funerária São Jorge. Ele era casado, tinha um filho. Empresário, também era proprietário de uma lotérica.

Neto foi encontrado morto, ontem no início da manhã, no interior de uma Ford Ranger prata, próximo da porteira de sua chácara, localizada após a ponte do rio Teles Pires, na Linha do Pontal do Verde. Segundo o perito criminal da Perícia Oficial e Identificação Técnica, Rogério Kolzer, ele foi atingido por ao menos quatro tiros na região do tronco e no local havia vestígios de luta corporal.

“Junto a porteira da propriedade (havia vestígios), depois um amassamento da vegetação ao lado da estrada, onde a caminhonete teria dado ré por diversos metros, posteriormente colidiu com a cerca próximo a estrada e veio a parar”, explicou.

A caminhonete parou a cerca de 150 metros da porteira. No local, não foram localizados estojos de munições, e de acordo com o delegado de Polícia Civil, Getúlio Daniel, trata-se de uma execução. “O suspeito estaria de tocaia próximo a porteira dessa chácara, e assim que a vítima parou seu veículo para abrir a porteira, o suspeito efetuou diversos disparos de arma de fogo. A vítima tentou se desvencilhar, entrou no veículo, andou alguns metros, mas não resistiu aos ferimentos, vindo a óbito”, salientou.

Informações foram colhidas no local e diligências já estão sendo feitas. “Certamente já conseguimos colher informações preliminares, vamos continuar essa conversa com a perícia e nos próximos momentos realizar as diligências necessárias para poder solucionar esse homicídio”, completou.

Só Notícias/Luan Cordeiro e Lucas Torres, de Sorriso (fotos: Só Notícias e reprodução)