Geral

Elefanta indiana “Bambi” inicia viagem para santuário em Mato Grosso

A elefanta indiana “Bambi”, que tem 58 anos de idade, iniciou, hoje, a viagem de 1.270 quilômetros até o santuário de Chapada dos Guimarães. O animal estava no zoológico de Ribeirão Preto (SP) e está sendo transportado em um compartimento especial instalado sobre um caminhão.

Inicialmente, a previsão era iniciar o transporte na terça-feira (22), porém, a elefanta, que pesa mais de 3 toneladas, acabou não se adaptando à caixa. A transferência dela foi autorizada pelo Tribunal de Justiça de São Paulo e os custos de R$ 50 mil foram pagos por meio de uma “vaquinha virtual”.

O comboio tem, além do caminhão de transporte, mais dois carros da equipe do santuário. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) também faz a escolta. Como serão feitas paradas durante o trajeto, a previsão é que a elefanta chegue a Chapada dos Guimarães no próximo sábado.

Segundo a administração do santuário, Bambi ficou por quatro décadas sendo explorada em um dos circos mais tradicionais do Brasil. Em 2009, ela foi encontrada em Limeira (SP), com uma pata acorrentada. Meses depois, foi transferida para o zoológico de Leme, também em São Paulo.

Em 2014, o Instituto Brasileiro de Meio Ambiente (Ibama) determinou a transferência para o zoológico de Ribeirão Preto, onde a elefanta ocupava um espaço de 750 metro quadrados, considerado pequeno para o tamanho do animal. Em agosto deste ano, com a autorização dada pela Justiça, o santuário iniciou a campanha para levar a elefanta para Chapada dos Guimarães.

No santuário, Bambi vai conviver com as elefantas, também resgatadas, Maia, Mara, Lady e Rana. O local tem mais de 1 mil hectares.

Só Notícias/Herbert de Souza (foto: divulgação)