domingo, 23/junho/2024
PUBLICIDADE

Eder rebate Pagot sobre derrota de Dilma em MT e diz que Silval deveria ser coordenador

PUBLICIDADE

A derrota da presidente eleita Dilma Rousseff no primeiro e segundo turnos em Mato Grosso continua incomodando seus aliados no Estado. O presidente do DNIT, Luiz Pagot, que esteve na coordenação geral da campanha, fez críticas a prefeitos e demais aliados e não poupou o governador Silval Barbosa, apontando falta de empenho, e citando que até em sua principal base eleitoral, Matupá, Serra saiu vitorioso. Pagot também alfinetou os prefeitos de Sinop e Lucas devido ao fato de Serra ter feito mais votos que Dilma.

O secretário-chefe da Casa Civil, Eder Moraes, distribuiu nota, esta tarde, rebatendo críticas de Pagot, mas sem citar seu nome. Eder saiu em defesa de Silval. Disse “que não é hora de ficar buscando culpados pela derrota da presidente Dilma”. Ele afirmou que “foi um erro estratégico a coordenação da campanha em Mato Grosso não ter ficado sob o comando do governador eleito Silval Barbosa”, numa referência ao fato de Pagot estar a frente da coordenação.

O articulador político do governador também apontou como fator para a derrota, “o tratamento dispensado ao agronegócio mato-grossense. Os ruralistas sentiram-se afrontados por políticas públicas de crédito totalmente incoerentes com o setor que responde por mais de 70% da economia de Mato Grosso”. O secretário se refere ao festival de apreensões e arrestos de máquinas agrícolas ocorrido na última semana. “Não houve sensibilidade para o momento, pois o correto seria prorrogar esses contratos, haja vista que o setor precisa produzir e colher para fazer frente a suas despesas”, afirmiu Eder Moraes, através da assessoria.

Conforme Só Notícias já informou, os aliados de Dilma em Mato Grosso, incluindo o senador eleito, Blairo Maggi (PR), não conseguiram virar o jogo no segundo turno. No primeiro, a presidente eleita perdeu por cerca de 18 mil votos e, ontem, a diferença subiu para aproximadamente 33 mil ( 762.905 votos de Serra – 729.747 votos de Dilma)

Leia ainda
Mais de 545 mil eleitores não votaram ontem em Mato Grosso
Serra amplia votação em MT; Silval, Blairo e Pagot não conseguem “virada”

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Apostadores de Peixoto, Cuiabá e outras 7 cidades ganham R$ 320 mil na Quina

Ao todo, nove apostadores de Cuiabá, Várzea Grande, Rondonópolis,...

Morre jovem ferido em acidente e estava hospitalizado em Sinop

O jovem Jarlan Alves de Andrade, 19 anos, faleceu...

Bombeiros combatem queimada em fazenda no Mato Grosso

O Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso conseguiu...
PUBLICIDADE