Geral

Dupla vai à júri no Nortão acusada de matar ‘DJ’ a facadas

Iramildo de Sousa França, 37 anos, e Leandro Paulo, 29, serão submetidos a júri popular, nesta sexta-feira, na comarca de Itaúba (100 quilômetros de Sinop). Os dois são acusados de assassinar, a facadas, um homem conhecido como "DJ", que, até o momento, não foi identificado civilmente. O crime ocorreu na rua Aldino Borges, no bairro Cidade Alta, em outubro do ano passado. 

Um policial militar narrou, conforme consta no processo, que, no dia 30 de outubro, foi chamado para atender a uma ocorrência de violência doméstica. No entanto, ao chegar no local indicado, um senhor garantiu que não havia nenhuma ocorrência do gênero. O militar contou que saiu com a viatura, andou aproximadamente uns 70 metros e viu um corpo na rua. 

O policial relatou que pediu apoio e voltou até a residência, onde os dois suspeitos acabaram presos. Segundo ele, Leandro confessou o crime. Ao policial, o acusado teria contato que a vítima tinha agredido sua mulher, o que motivou uma briga. Leandro Paulo e Iramildo teriam, então, esfaqueado a vítima e, com auxílio de um carrinho de mão, jogado o corpo do outro lado da rua. 

Conforme o militar, Iramildo negou o crime desde o início. Uma mulher, no entanto, ainda de acordo com a versão do policial, confirmou que os dois participaram do crime. Os dois responderão em júri por homicídio qualificado, supostamente cometido de maneira cruel. 

Em alegações finais, o advogado de Leandro alegou "legítima defesa putativa", quando o agressor imagina estar sob alguma ameaça. Já a defesa de Iramildo garante que ele é inocente e não teve participação alguma no homicídio. A dupla segue presa no presídio Osvaldo Florentino Leite, o "Ferrugem", em Sinop.