Geral

Documentário retratará exploração infantil e prostituição ao longo da BR-163

Depois de realizar o primeiro curta-metragem da região Norte de Mato Grosso, o jornalista Salles Fernandes, de Sorriso,prepara-se para um projeto audacioso. Ele pretende produzir um documentário de 40 minutos que vai abordar o tema exploração sexual e tráfico de menores, tendo a BR-163 como palco de seu trabalho. “Abordar a exploração, o sofrimento e desprezo dessas meninas são os principais objetivos do documentário”, diz Fernandes.

Ele disse que se baseou em dados concretos dos Direitos Humanos e Ministério da Justiça. “A situação de impunidade despertou em mim a idéia de realizar este documentário que vai com certeza apresentar resultados surpreendentes de coisas que acontecem neste país”, afirma.

Salles mora em Sorriso há quatro anos. Ele informou que as gravações vão começar em breve, sendo que os recursos para realização do projeto estão sendo captados. “Dez cidades serão visitadas mas os nomes não serão divulgados por motivos de segurança da equipe de produção”, explicou.