Geral

DNIT implanta novo desvio nas BRs-163-364 devido a obras de duplicação e viadutos

O Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) fará novo desvio na região do distrito industrial, a partir desta terça-feira, com fluxo de veículos trafegando de Rondonópolis para Cuiabá (sentido Norte) sendo direcionado para a Avenida A, uma via marginal. Com isso, os motoristas devem redobrar a atenção pois a pista, que já opera em sentido duplo, terá seu trânsito intensificado. O desvio é por conta das obras de duplicação da BR-163/364.

A mudança é temporária e é necessária para dar início às obras de fundação dos quatro primeiros viadutos que serão construídos na entrada de Cuiabá. Dois viadutos serão construídos na altura da atual rotatória do Pascoal Ramos, e os outros dois nas proximidades de um posto. Ao todo, serão seis viadutos, trincheiras e ampliação das ruas laterais e a entrada no perímetro urbano de Cuiabá será totalmente modernizada.

No início de julho, um desvio foi adotado para retirar o fluxo de veículos da pista principal da BR-163/364 que iam de Cuiabá para o Sul do Estado. Uma rota alternativa foi criada ao longo da Rodovia dos Imigrantes, permitindo que os motoristas que seguem destino para Rondonópolis, por exemplo, não precisem passar pela rodovia federal, mas sim por dentro do Distrito Industrial.

Essa etapa de obras no Distrito Industrial integra o empreendimento de duplicação entre Cuiabá a Rondonópolis, cuja extensão soma 174,11 km. O trecho do Distrito Industrial faz parte do lote 3, de 42,40 km de extensão e que se inicia no segmento em concreto da Serra de São Vicente até o viaduto existente no entroncamento com a Rodovia dos Imigrantes (BR-070/MT).

Hoje, a média diária nesse segmento da BR-163/364/MT supera os 8 mil veículos pesados, que interferem diretamente na mobilidade urbana da capital. A previsão é de que as obras sejam concluídas em 2020, informa a assessoria do DNIT em Mato Grosso.

Só Notícias (foto: Luciano Tessaro/arquivo)