Geral

Designer sinopense participa da construção de prótese 3D impressa em titânio

A técnica é inovadora resultando no primeiro implante modelado em 3D impresso em titânio. A prótese foi colocada em uma arara da espécie Canindé, (também conhecida arara de barriga amarela). A ave recebeu o nome 'Gigi' pelo veterinários Roberto Fecchio, Sérgio Camargo, Rodrigo Rabello e Matheus Rabello, que realizaram a cirurgia, esta semana, em um hospital veterinário de Campinas. O novo bico da arara foi impresso pelo Centro de Tecnologia da Informação Renato Archer.

Gigi foi resgatada por agentes da Polícia Florestal com o bico deteriorado e encaminhada para o Centro de Triagem de Animais Silvestres (Cetas) de Campinas no qual permanece em recuperação, após a cirurgia. O projeto teve a participação do designer sinopense Cícero Moraes na reconstrução do bico do animal através de uma sequência de fotos que foram transferidas para um programa de modelagem em 3D.

Moraes avaliou como um momento histórico para a ciência e a tecnologia. "A impressão em metal é uma grande revolução no campo da veterinária, pois viabiliza projetos como esse, onde o bico recebe muita pressão e logo, seria difícil implementá-lo com outros materiais que as impressoras mais conhecidas trabalham. O grande problema da impressão em metal ainda é o custo que é altíssimo, então, ao trabalharmos com esse tipo de material temos que tomar todos os cuidados para errar o mínimo possível. Felizmente contamos com uma equipe competente e tudo foi bem sucedido".

Cícero ficou mundialmente conhecido após "revelar", as faces santas da igreja católica. O primeiro trabalho foi com santos mais populares  do Brasil, Santo Antônio e Maria Madalena e outros três santos peruanos Santa Rosa de Lima, San Martinho de Porres e San Juan de Macias.

(foto:divulgação)