Geral

Cuiabá: famílias devem procurar a partir de 4ª secretaria estadual para retirar cartão do benefício do Ser Família

As famílias de baixa renda que residem em Cuiabá, contempladas pelo programa Ser Família Emergencial e que ainda não retiraram os cartões, devem procurar a secretaria estadual de Assistência Social e Cidadania (Setasc), localizada no CPA, a partir dessa quarta-feira (5). A entrega do documento será feita diretamente ao beneficiário e é preciso que o contemplado tenha em mãos documentos pessoais com foto, incluindo o CPF.

A secretaria esclarece que não faz contato, por telefone, com o contemplado. Para saber se têm direito ao auxílio, o interessado deve acessar o site setasc.mt.gov.br, clicar no banner com o nome do programa e digitar o CPF.

O Ser Família Emergencial é um auxílio para famílias de baixa renda, inscritas no Cadastro Único das Políticas Sociais Brasileiras do Ministério da Cidadania (CadÚnico) e que recebem até R$ 70 per capita/mês. O Estado deve atender mais de 100 mil famílias em situação de pobreza e extrema pobreza, com o auxílio emergencial de R$ 150 por mês, que será creditado no cartão a partir do próximo dia 8.

O programa, que inicialmente teria duração de três meses, foi ampliado para cinco meses. A extensão do tempo de duração da transferência de renda foi possível após parceria firmada com o senador Jayme Campos, que destinará mais R$ 15 milhões somados a outros R$ 15 milhões em recursos próprios do Estado, garantindo mais dois meses de ação do programa.

Se a famílias beneficiária não conseguir acesso pelo site, podem ser feitos contatos pelos telefones (65) 3613 5774 / 3613 5746 / 3613 5732 / 3613 5711 / 3613 5723 e 3613 5712 que atendem exclusivamente os beneficiários de Cuiabá. Nos demais municípios as entregas serão realizadas em parceria com as secretarias Municipais de Assistência Social.

Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)