domingo, 14/julho/2024
PUBLICIDADE

Cuiabá: acordos de indenizações para vítimas de acidentes chegam a R$ 2,8 milhões

PUBLICIDADE

O Tribunal de Justiça informou, há instantes, que chega a R$ 2,8 milhões os acordos firmados, no mutirão do Seguro de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Vias Terrestres (DPVAT). Em quatro dias úteis e um fim de semana, o mutirão DPVAT já fechou 234 acordos com pessoas que ficaram feridas em acidentes de trânsito e vão receber indenizações.

No mesmo período, o mutirão fiscal da prefeitura cuiabana resoltou em 177 acordos com contribuintes que devem impostos, o que representa R$ 338 mil em guias emitidas de IPTU e outros tributos. Uma parte já foi arrecadada à vista e outra foi parcelada em até 60 vezes.

A presidente do Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos do Poder Judiciário de Mato Grosso, desembargadora Clarice Claudino da Silva, avalia que "o escopo está sendo plenamente atingido, o número de pessoas que está procurando espontaneamente o mutirão, sem que seja convocado, está superando as expectativas", pondera. Clarice observa que além dos números serem expressivos, o número de pessoas envolvidas nas negociações é promissor para consolidar a prática da cultura da paz. "A nossa preocupação não é resultado financeiro, mas social", observou.

Para ela, o sucesso da empreitada se deve principalmente à colaboração de todos os lados, tanto dos conciliadores e peritos quanto dos acidentados e contribuintes. "Está tendo fila para fazer a perícia, isso mostra que o movimento é muito grande e que os funcionários são pessoas abnegadas que estão dando tudo de si para atender a todos. Isso tudo sem ter nenhuma retribuição financeira a mais", salienta.

O Mutirão Fiscal em Cuiabá continuam dias 21, 22 e 23 deste mês, no Fórum Desembargador José Vidal, em Cuiabá, e fazem parte da 7ª Semana Nacional da Conciliação, promovida pelo Conselho Nacional de Justiça em conjunto com os tribunais de justiça dos estados. O evento tem por objetivo disseminar a pacificação social, reduzir a carga de processos sobre o mesmo tema e imprimir maior celeridade à prestação jurisdicional.

 

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Carro tomba após colisão com outro na BR-163 em Sinop

O acidente envolvendo o Toyota Corolla branco e o...

Comerciante morre em acidente em rodovia estadual de Mato Grosso; dois feridos

O acidente com uma caminhonete branca (marca não confirmada)...

Carro bate em muro de condomínio em Mato Grosso e homem morre

O acidente foi hoje de madrugada, em Várzea Grande,...

Apostador de Sorriso ganha mais de R$ 80 mil na Mega-Sena

O apostador de Sorriso acertou, ontem à noite, cinco...
PUBLICIDADE