Geral

Colisão de duas carretas próximo a Nova Mutum

Ontem, a Polícia Rodoviária Federal registrou quatro acidentes nas BRs de Mato Grosso. Sete veículos e catorze pessoas se envolveram nesses acidentes. Não houve feridos em nenhum dos acidentes. Cinqüenta e dois Policiais Rodoviários Federais trabalharam no plantão de ontem nos dezessete postos de fiscalização que a PRF tem em Mato Grosso. Foram fiscalizados 1.239 veículos, 18 veículos foram retidos por irregularidade, 01 carteira de motorista foi apreendida, 02 usuários das rodovias receberam auxílio das viaturas em ronda e 173 multas foram aplicadas.

Próximo a Nova Mutum foi registrado uma colisão envolvendo duas carretas.César Libert, de 38 anos, condutor da carreta Scânia T 112, placas ICC 2760 Ijui – RS, seguia de Santa Carmem (próximo a Sinop) para Jaciara transportando arroz em casca. No km 598 da BR 163, ele colidiu com a traseira da carreta Volvo FH 12, placas KEO 8946 Lucas do Rio Verde – MT, que estava sendo conduzida por Rafael Cordeiro Paes, de 34 anos e que seguia de Lucas do Rio Verde para Paranaguá transportando soja.

Na BR-364 a equipe de Diamantino registrou uma outra colisão envolvendo um veículo de passeio e uma carreta.

Francisco Pessoa de Almeida, de 46 anos, condutor do veículo GM Corsa Wind, placas JZF 0627 Rosário Oeste – MT, seguia de Cuiabá para Rosário Oeste e no km 522 da BR 364, ele perdeu o controle da direção do veículo e colidiu com a lateral da carreta Volvo NL 12 360, placas AHX 238 Céu Azul – PR, que estava sendo conduzida por Ney Pascoal Rovea, de 38 anos e seguia de Nova Mutum para Cuiabá transportando Soja. Ninguém se feriu.

E a BR 158 continua interditada no km 290, no município de Bom Jesus do Araguaia. O bloqueio é promovido por trabalhadores sem terra vinculados a FETAGRI. Os veículos que trafegam pela rodovia estão utilizando como desvio as estradas MT 424 até atingir a BR 080 em Liquilandia voltando para a BR 158, (veiculo de grande porte), e os demais veículos têm utilizado a MT 424 no Posto da Mata, ate atingir a cidade de Alto da Boa Vista, retornando pela MT 423 até à BR 158 no posto do Arnor, com aumento de aproximadamente 60 Km de percurso, os desvios estão em situações precária, caso venha a chover ficarão impossibilitado de serem utilizados.