Geral

BR-163 está bloqueda há 5 dias por madeireiros no Pará

á dura 5 dias o bloqueio da Rodovia Santarém-Cuiabá, em frente ao município de Trairão, no sudeste do Estado. Cerca de duas mil pessoas, entre produtores rurais, madeireiros e representantes da comunidade local estão bloqueando a pista, nos dois sentidos da rodovia. A principal reivindicação é a legalização das terras da região, além da suspensão imediata das fiscalizações do Ibama e a liberação dos planos de manejo já protocolados no Instituto.

A estrada foi interditada na madrugada de sexta-feira (13). Os manifestantes fizeram acampamentos em plena rodovia. Como o protesto acontece em frente à cidade, muitos caminhoneiros retornaram para a sede de Trairão, mas boa parte dos caminhões permanece em fileiras na rodovia causando um engarrafamento de 2 quilômetros, em cada lado da pista. Impedidos de passar, alguns motoristas chegaram a causar tumulto na tarde de terça-feira(17).

O protesto está sendo organizado pelo Movimento Social do município de Trairão. Segundo a associação, a não legalização das terras impede a atividade madeireira, que é a principal fonte de renda do município. ‘Isso está gerando desemprego, miséria e fome. Por isso o povo se revoltou’, explica o Waldiney José Ferreira, um dos integrantes do movimento.

Equipes das Polícias Rodoviária Federal e Militar acompanham tudo de perto, de prontidão às margens da rodovia, mas os manifestantes dizem que não vão desocupar a área. ‘Não vamos sair enquanto não vier um representante do Incra e do Ibama para assinar um acordo determinando uma data para a liberação dos planos e legalização das terra. Há mais de 1 ano estamos fazendo reuniões que não dão em nada’, conclui Ferreira.