Geral

Biólogos descobrem espécie rara de morcego em Alta Floresta

Uma espécie rara de morcego, chamada morcego branco (Diclidurus Ingens) ou “morcego fantasma” foi localizada por biólogos da Fundação Ecológica Cristalino (FEC) em Alta Floresta. O mamífero foi encontrado numa oficina mecânica e encaminhado para análise no departamento de Biologia da Universidade de Mato Grosso (Unemat).

Júlio Dal Ponte, biólogo e professor de Zoologia no campus de Alta Floresta, disse que esse é o segundo registro de localização da espécie no Brasil, mas o primeiro em Mato Grosso. Segundo ele, o morcego branco é um animal essencialmente amazônico e mesmo não sendo considerado um dos animais brasileiros ameaçados de extinção, possui poucos indivíduos e raro nas coleções de museus naturais.

De acordo com A Gazeta, a espécie é conhecida em outros países amazônicos e consta como “vulnerável” na lista global de espécies ameaçadas. O morcego branco prefere as florestas inundáveis e se escondem em pequenos números nas folhas de palmeiras.