Geral

Associação repudia violência contra deficiente na rodoviária em Sinop e quer responsabilização judicial

O presidente da Associação dos Deficientes Físicos de Sinop (Adefis), Emerson Lopes Silva, repudiou, em entrevista, ao Só Notícias, a situação vivida por um deficiente físico e portador de doença mental, de 34 anos, na rodoviária, no centro da cidade. Ele foi retirado de um ônibus e arrastado no chão.

“Repudiamos qualquer tipo de violência, principalmente, com uma pessoa com deficiência física e mental. Primeiramente, buscaremos saber o que ocorreu, registrar um boletim de ocorrência e buscar responsabilizar as pessoas que o arrastou daquela maneira. Isso foi inadmissível”, disse Silva.

Em um vídeo gravado por outros passageiros mostra o deficiente sendo retirado do ônibus intermunicipal por não estar usando máscara. No entanto, lei federal isenta pessoas com autismo e deficiências do uso.

Outro lado
Só Notícias tentou, mas não conseguiu contato com a assessoria da empresa de transporte de passageiros.

Só Notícias/Cleber Romero (foto: reprodução)