Geral

Associação descobre ‘cemitério’ de cães em mata em Alta Floresta

As ossadas de cães foram encontrada em uma região de mata na Vicinal 2ª Oeste, nas proximidades de um frigorífico, ontem, por populares. Segundo a presidente da Associação Amamos Animais, Leir Ribeiro, alguns ainda estavam em estado de decomposição, indicando que haviam morrido há pouco tempo. Os animais foram jogados na mata, outros em uma vala próxima e alguns colocados em sacos plásticos e jogados em um rio que abastece a cidade.

“A denúncia chegou e fui averiguar. É uma coisa horrível. As imagens chocam. Como se os animais não representassem nada foram jogados lá. Algo desumano. O local é uma estrada que não tem casas e vai para sítios”, lamentou a presidente. Boletim de ocorrência deve ser registrado na delegacia de Polícia Civil para abrir investigação e a secretaria de Meio Ambiente do município também será comunicada.

Ainda segundo a presidente, o envenenamento de cães continuam na cidade. No começo do ano, mais de 25 animais foram mortos. A ONG chegou a divulgar anúncio nas redes sociais para receber denúncias. Um valor de R$ 800 também foi oferecido como recompensa para quem entregasse informações precisas sobre o autor dos envenenamentos.

Até o momento, ninguém foi preso ou identificado.

Só Notícias/David Murba