quinta-feira, 13/junho/2024
PUBLICIDADE

Após saírem da prisão, irmãos argentinos deixam Mato Grosso

PUBLICIDADE

Os dois irmãos argentinos presos, desde sábado (31), acusados de furto, deixaram Cuiabá, após sair da prisão. De acordo com a advogada de defesa dos professores universitários, Beatriz Pinto Viana, eles cancelaram o restante da viagem que fariam pelo Brasil e decidiram retornar à Argentina.

Depois de conseguir a soltura dos irmãos Ignácio Luiz Marcelo Lujan, 29, e Ignácio Augustin Lujan, 26, a advogada destacou que está empenhada em provar a inocência dos turistas que acusam dois policiais militares à paisana de agressão. Um deles chegou a ter três dentes quebrados.

Quem também esteve em Cuiabá para intermediar a soltura foi o chefe da Seção Consular-Jurídica da Embaixada da Argentina no Brasil, Gabriel Herrera. O diplomata salientou que o caso demonstra falta de preparo das autoridades de Mato Grosso, que, segundo ele, infringiram tratados e convenções internacionais.

O ouvidor das Polícias Civil e Militar de Mato Grosso, Teobaldo Witter, fez uma denúncia para a PM sobre a atuação dos dois policiais. Além dos dentes quebrados, um dos professores universitários argentinos teve sangramento no ouvido.

Os irmãos Lujan foram presos após uma confusão em uma boate de Cuiabá. Eles são acusados de terem furtado uma bolsa com documentos, R$ 80, câmera fotográfica e 2 telefones celulares. Eles acusam dois policiais militares à paisana de agressão e negam que tenham praticado o roubo.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Justiça de Lucas do Rio Verde manda prender novamente acusado de 5 crimes sexuais

O Ministério Público do Estado informou, esta tarde, que...

Politec confirma identidade de morto na queda de avião em Sorriso; sepultamento será em SP

A Perícia Oficial e Identificação Técnica (Politec) informou, há...

Trabalhador é hospitalizado após queda de 5 metros de altura em Sorriso

O auxiliar de obras, de 40 anos, foi socorrido...
PUBLICIDADE