segunda-feira, 27/maio/2024
PUBLICIDADE

Acusado de matar irmão vai a júri popular em Sorriso

PUBLICIDADE

O pecuarista Loris Dilda, 54 anos, será submetido a júri popular, nesta 5ª feira.  Ele é acusado de matar o irmão Adalberto Luiz Faccio, há 15 anos, em uma mercearia localizada na rua dos Pioneiros. A sessão está marcada para as 8h30, no Tribunal do Júri da cidade. Acusado e vítima eram irmãos por parte de mãe e sócios em uma atividade pecuária.

Conforme o processo, “no momento do crime estavam partilhando amigavelmente o gado pertencente à sociedade, que era formada também por outro irmão, Leumar Dilda”.  Durante a partilha, ” houve desentendimento entre ambos, quando então o acusado, que estava em posse da arma de fogo, disparou vários tiros contra a vítima, matando-a imediatamente”.

A magistrada Débora Roberta Pain Caldas presidirá o júri. As acusações serão feitas pela promotora Anne Karine Luzich Hugueney Wiegert. Ela terá como assistente o advogado sinopense Cláudio Alves Pereira.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Duas carretas tombam em trechos distintos de rodovia estadual em Sorriso

Dois tombamentos de carretas foram registrados, em menos de...

Apostadores de Cuiabá e Sinop ganham prêmios na loteria

O apostador de Cuiabá foi contemplado, no final de...
PUBLICIDADE