Geral

Acusado de assassinato que está preso em Sorriso vai à júri popular mês que vem

Irá a júri popular, no dia 15 de março, o principal suspeito de assassinar Israel Fernando Ramos de Lima, assassinado a golpes de facão em setembro do ano passado, nas proximidades do centro de eventos Olímpio Giacomelli, em Vera (90 quilômetros de Sinop). O acusado de cometer o crime segue preso na cadeia de Sorriso. A defesa dele chegou a ingressar com um pedido de soltura no Tribunal de Justiça, porém, os desembargadores negaram o habeas corpus.

A principal suspeita é que o crime tenha acontecido após uma discussão entre vítima e acusado. Segundo a denúncia, os dois foram retirados do centro de eventos por seguranças. Porém, do lado de fora, voltaram a discutir, quando o acusado teria ido até um carro e pegado o facão. Em seguida, teria voltado e atingido Israel.

A vítima chegou a ser socorrida, porém, morreu antes de chegar ao Hospital Regional de Sorriso. O suspeito, que era morador do distrito de Entre Rios, em Nova Ubiratã (165 quilômetros de Sinop), foi preso no mesmo dia.

A sessão de julgamento será na câmara municipal. Em júri popular, o réu responderá por homicídio simples.

Só Notícias/Herbert de Souza