Geral

18 caminhões-carretas com madeira sem ATPFs-notas apreendidos em Sinop

18 caminhões e carretas carregados com madeira bruta (toras) e serradas foram apreendidos em Sinop entre terça-feira e esta madrugada. O transporte de madeira estava sendo feito sem ATPFs (Autorizações Para Transporte de Produto Florestal) e sem nota fiscal.

Na terça-feira foi feita a primeira apreensão. Foram 6 caminhões e 3 carretas. Ontem à noite e esta madrugada a Polícia Rodoviária federal fez a segunda apreensão, na BR-163, em Sinop. Foram cerca de 270 metros cúbicos de madeira na segunda apreesão. Na primeira foram 258 metros, segundo a PRF.

Os caminhões e carretas foram apreendidos no trecho entre Itaúba (107 km) e Sinop, e carregavam aproximadamente peroba, cambará e garapeira.
Segundo o inspetor da Polícia Rodoviária Federal (PRF), Hemerson Rodrigues Almeida, que está comandando a operação, os motoristas não quiseram informar onde carregaram as toras e para quaisd madeireiras seriam levadas para serem beneficiadas. “Alguns não fazem quaisquer declarações, e os demais dizem que por motivo de precisarem trabalhar, e de estar difícil conseguir os tais documentos, eles resolveram agir dessa forma”, relatou, o inspetor. “A maioria informa que estaria saindo de uma fazenda aqui próxima e estariam percorrendo poucos quilômetros e por este motivo estavam desacompanhados desses documentos”, acrescentou. A lei determina que o transporte de madeira bruta e serrada deve estar acompanhada de ATPFs.

Entre os caminhões, um deles foi apreendido por estar com ATPF fraudada. “O condutor será encaminhado a Polícia Civil”, relata o inspetor.
A equipe que fez às apreensões já está em Sinop desde o último dia 06 e deve ficar na região por mais alguns dias. “Nós ficaremos mais um período fiscalizando nesta região
para coibir e também apreender qualquer carga que seja transportado de forma irregular”, conclui.

Só Notícias procurou falar com alguns dos motoristas mas não quiseram se pronunciar.