Esportes

Vitória fica no empate com o Cruzeiro e pode terminar rodada no Z4

O Vitória recebeu o Cruzeiro neste domingo, no Barradão, em partida fundamental na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro, mas perdeu grande chance de conquistar um triunfo. Diante de um adversário que apenas cumpre tabela na competição, a equipe baiana até saiu na frente, mas ficou somente no empate em 1 a 1, resultado péssimo para as pretensões do elenco rubro-negro.

Com o empate, o Vitória se manteve na 16ª colocação, mas chegou apenas aos 40 pontos, podendo retornar à zona de rebaixamento caso a Ponte Preta vença o Fluminense em jogo marcado para esta segunda-feira. Já o Cruzeiro aparece momentaneamente na quarta colocação, com 56 pontos.

Ambas as equipes voltam a atuar pelo Campeonato Brasileiro no próximo domingo, às 17h(de Brasília). Na luta para escapar do perigo do rebaixamento, o Vitória visita a Ponte Preta, no Moisés Lucarelli, em confronto direto na parte de baixo da tabela. Já o Cruzeiro, que apenas cumpre tabela, recebe o Vasco, no Mineirão.

A partida começou com o Vitória buscando o ataque e criando as principais chances de gol. Logo aos três minutos, Fábio teve que sair do gol e afastar a bola em cruzamento que sobraria livre para o atacante David.

Na sequência do jogo, o Rubro-Negro baiano seguiu pressionando, mas sem criar grandes chances. A equipe da casa, porém, só precisou de uma para sair em vantagem. Aos 19 minutos, a bola bateu na mão do lateral esquerdo Bryan dentro da área e o árbitro marcou pênalti. David foi para a cobrança aos 20 e deslocou o goleiro para abrir o placar para o Vitória.

Após os mandantes abrirem o placar, o Cruzeiro iniciou uma grande pressão em busca do empate. Aos 33 minutos, Bryan cruzou para a área, Jonata ajeitou de cabeça e Léo chegou batendo de carrinho. A bola bateu caprichosamente na trave, mas não entrou no gol.

Logo na sequência, o jogo teve uma grande polêmica. Aos 35 minutos, Henrique recebeu lindo passe dentro da área, finalizou no travessão e a bola quicou aparentemente dentro do gol, em lance difícil não validado pela arbitragem. No rebote, Jonata ainda tentou de cabeça e se chocou com o lateral Patric. No lance, ele abriu um corte no supercílio e teve que ser substituído por Élber.

No minutos finais, o Cruzeiro seguiu em busca do gol, mas não conseguiu ser efetivo. Com isso, o jogo foi para o intervalo com triunfo parcial do Vitória por 1 a 0.

A partida voltou para a segunda etapa morna. As duas equipes até chegavam ao ataque, mas não conseguiam criar grandes chances. A primeira boa oportunidade, porém, quase resultou em gol. Aos 18 minutos, Bryan recebeu no lado do esquerdo da área e soltou uma pancada. A bola triscou mais uma vez no travessão, mas foi para fora, com o Cruzeiro não empatando por muito pouco.

Nos minutos seguintes, o Cruzeiro seguiu no campo ofensivo. Com isso, o Vitória tinha chances nos contra-ataques. Aos 28, David fez uma grande jogada individual e tentou encobrir o goleiro Fábio. A bola, porém, saiu por cima, por muito pouco.

Depois de tanto bater na trave, a Raposa conseguiu chegar ao empate. Aos 30 minutos, Bryan fez cruzamento preciso pela esquerda e encontrou Alisson dentro da área. O meia-atacante do Cruzeiro foi para a bola de peixinho e mandou no alto para deixar tudo igual.

Nos minutos finais, o Vitória foi com todas as forças para cima do Cruzeiro e até criou chances, finalizando em investidas de Tréllez, aos 43, e André Lima, aos 45. No entanto, a equipe baiana não conseguiu ser efetiva para fazer o gol do triunfo e terminou o jogo com um frustrante empate.