quinta-feira, 18/julho/2024
PUBLICIDADE

Última rodada do Estadual embola classificação nos grupos

PUBLICIDADE

O Campeonato Mato-grossense abriu o returno da Primeira Fase, no último final de semana, embolando a classificação nos dois grupos, e praticamente definindo os quatro clubes que serão rebaixados para a Segunda Divisão. É que de acordo com o Regulamento da competição, que segue a fórmula do ano passado – como determina o Estatuto do Torcedor – os dois últimos colocados de chave da Primeira Fase, estarão automaticamente rebaixados. Assim, se o Estadual terminasse hoje, cairiam, sem surpresas: Sorriso e Sinop no Grupo A e Primavera e Crac, no Grupo B.

No chamado “Grupo da Morte”, que reúne seis campeões estaduais, o Sinop tem apenas um ponto ganho em 6 jogos, com 5 derrotas, um empate e nenhuma vitória. Para piorar a situação o Galo do Norte só terá verdadeiras “decisões” pela frente, a começar pelo confronto diante do Operário (quarto colocado com 7 pontos), marcado para o próximo domingo, no Gigante do Norte. Depois, dia 17, encara o vice-líder Cuiabá (9 pontos). Dia 20, pega o Sorriso no “Clássico dos Desesperados”, e encerra a sua campanha contra o Mixto, no Dutrinha, numa partida onde certamente também o alvinegro cuiabano dependerá de uma vitória para garantir a sua classificação. Dos 12 pontos a serem disputados pelo “Galo do Norte”, nenhum matemático apontaria chances maiores que 20% de somar pelo menos 4 no total. Assim, o rebaixamento lhe parece inevitável

Já o Sorriso inicia seu “martírio” na próxima quinta, dia 10, diante do Cuiabá, no Dutrinha, para em seguida ter uma boa sequência em seus domínios. Dia 13 recebe o favorito Luverdense, no Egídio Preima, dia 17 pega o Mixto, novamente em casa, dia 20 o Sinop, e por fim, dia 26, o Operário, no Dutrinha. A julgar pelo fator casa e os atuais 6 pontos que tem, o “Lobo do Norte” seria o adversário direto de Operário e Mixto por uma das vagas – desde que não perca pontos em casa nessas partidas de volta.

Nesse Grupo, disparado na frente o Luverdense está tranquilo com a liderança isolada de 15 pontos (seis a mais que o vice – Cuiabá, com 9). O Mixto, que perdeu o clássico de domingo tem 8 contra 7 pontos do Operário.

No Grupo B, que reúne as equipes do Sul e Leste do Estado, a grande decepção é o União. O atual campeão sofreu derrotas seguidas, empatou com o Crac na “marra” em 1 a 1 na última rodada e despencou para a quarta colocação, com 8 pontos. Barra e Vila Aurora dividem a liderança com o surpreendente Rec, todos com 10 pontos.

Os candidatíssimos ao rebaixamento são o Primavera, com 7 pontos e o Crac, com apenas 4. Mas com tanto equilíbrio, não seria nenhuma surpresa essa gangorra mudar.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE