Esportes

Presidente do Sinop defende retomar Estadual em novembro para não comprometer clubes  

O presidente do Sinop Futebol Clube, Agnaldo Turra defendeu, em entrevista ao Só Notícias, que o Campeonato Mato-grossense seja retomado somente em novembro para não comprometer ainda mais a parte financeira dos clubes. O dirigente disse que irá sugerir a ideia na reunião da próxima terça-feira entre a Federação Mato-grossense de Futebol e os representantes das equipes.

“Dessa forma a gente contrata os jogadores já pensando na temporada 2021. Pensando no Sinop, por exemplo, pego os jogadores dia 20 de novembro, começamos treinar, e o primeiro jogo das quartas de final pode ser nos dias 5 ou 6 de dezembro, sábado e domingo respectivamente”, explicou.

“Aí na quarta-feira, dia 9, já teria o jogo de volta. Quem passou jogava na próxima semana a semifinal e em seguida já era realizada a final e o campeonato é finalizado”. “Já tenho outros presidentes adeptos a esse posicionamento e estou articulando para ver se conseguimos o apoio de outros para essa posição. Assim traríamos os jogadores pensando na próxima temporada”, acrescentou.

Ainda de acordo com Turra, caso o campeonato seja retomado agora as equipes terão ainda mais prejuízos, já que o tempo mínimo de contrato entre clube e jogador é de três meses. Como o certame está no mata-mata, há a possibilidade de se montar um grupo e disputar apenas duas partidas, com isso os times teriam que arcar com os custos contratuais mesmo sem entrar em campo.

“Voltando em novembro mesmo que jogássemos dois jogos e fossemos eliminados, eu não teria gastos de passagens, transferências, sem estar jogando,”. “São apenas sugestões e ideias, mas é claro que em reunião vamos debater isso. Espero que seja dessa forma, porque estamos vivendo um momento muito critico e não é hora de querer fazer nada agora”, completou.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo/arquivo)