Esportes

Sinop goleia Águia do MS na Copa Verde e enfrentará time da Série A nas oitavas de final

O Sinop Futebol Clube goleou, há pouco, por 4 a 0, o Águia Negra (MS) em partida válida pela Copa Verde. O Galo do Norte apresentou um bom futebol, desperdiçou inúmeras oportunidades e não levou muitos sustos com o time sul mato-grossense, que parecia perdido dentro de campo e não conseguiu se impor, principalmente na etapa final.

Com a vitória, o Sinop garantiu vaga nas oitavas de final e enfrentará o Atlético Goianiense, que disputa a Série A do Campeonato Brasileiro e está na 13ª colocação, na próxima segunda-feira, às 16h, no estádio Antônio Accioly, em Goiânia.

O Sinop começou o jogo bem, pressionando a equipe adversária e apertando a marcação. O Águia, por sua vez, conseguiu se segurar, aos poucos foi entrando no jogo e se soltando. Apesar das boas oportunidades criadas, ambos os times pecaram no último toque e não conseguiram balanças as redes. Os goleiros também fizeram boas atuações e seguraram o empate.

A etapa final foi ainda mais dominada pelo Galo do Norte. O time comandado pelo treinador Bil conseguiu fazer boas trocas de passe e assustar o adversário em diversas chances perigosas. O Águia, no entanto, não foi efetivo e se defendeu praticamente durante os 45 minutos. Mineiro, José Ednaldo, Cristian e Marllon marcaram os tentos para o Sinop.

O jogo – O Sinop iniciou a partida apertando o adversário, sem dar espaço, e aos quatro minutos, Natan recebeu, abriu para a direita e bateu. Em dois tempos, o goleiro Tafine conseguiu fazer a defesa para o Águia Negra.

Na marca dos quatro, escanteio para o time sul mato-grossense. Marinho cobrou, a defesa do Galo do Norte afastou e a bola sobrou para Fernandinho, que tentou pegar de primeira, mas mandou para longe do gol.

Aos oito, o Sinop chegou perto de abrir o placar. Em boa jogada trabalhada, a bola chegou rasteiro na área, e Mineiro da marca do pênalti pegou, mas mandou por cima do gol. No lance seguinte, Douglas fez jogada individual, pedalou, invadiu a área do Águia, e chutou cruzado. A bola passou pela área e ninguém desviou.

Aos 15, o Águia chegou no ataque. A defesa do Sinop desviou a bola, que sobrou livre para Fernandinho. Ele tentou pegar de primeira, sem deixar cair, mas mandou por cima do gol do Galo do Norte.

Já aos 16, o zagueiro Deninha do Sinop roubou a bola no meio de campo, avançou, abriu espaço e chutou forte, com perigo. O goleiro Tafine caiu bem, e conseguiu fazer a defesa. Aos 24, Douglas recebeu na meia lua e bateu, mas o goleiro sul mato-grossense conseguiu fazer a defesa em dois tempos.

Aos 31, o Sinop ficou perto de abrir o placar outra vez. Robert recebeu, avançou e chutou de muito longe. A bola saiu com força, Tafine novamente caiu fazendo excelente defesa e evitando o gol do Galo do Norte. Aos 34, Douglas invadiu a área, foi desarmado e a bola sobrou Cristian, que tentou chutar, mas mandou para a linha de fundo do Águia.

No último lance, o time de Mato Grosso do Sul quase abriu o placar. Em boa troca de passes, Marinho recebeu na entrada da área e tentou bater de chapa. A bola passou muito perto da trave, assustando o goleiro Pedro.

A segunda etapa começou com as duas equipes menos efetivas, e mais dura, com mais faltas e jogadas que paravam a partida. Aos 13, o Galo chegou com perigo. Robert avançou, driblou um adversário, e bateu para boa defesa de Tafine.

Aos 17, outra chance perdida do Sinop. Em boa tabela, José Ednaldo recebeu bola por elevação, na cara do goleiro do Águia, livre. Ele tentou bater de primeira e desperdiçou chance clara de abrir o placar, mandando para fora. Aos 19, Elber recebeu e bateu de primeira, da entrada da área, mas o goleiro do time sul mato-grossense fez nova defesa em dois tempos.

Já na marca dos 22, o Sinop enfim abriu o placar. José Ednaldo invadiu a área, tentou driblar o goleiro e foi derrubado, mas a bola sobrou livre para Mineiro que novamente tirou o goleiro da jogada e bateu para o fundo das redes. Sinop 1 x 0 Águia Negra.

Aos 32, o Galo do Norte quase ampliou o placar, mas Tafine fez milagre. Robert recebeu, cortou bem para a perna direita e chutou de fora de área. O goleiro fez bela ponte e espalmou a bola para escanteio.

Quando o cronômetro marcava 37, o Sinop fez o segundo. Irisma fez grande jogada pela esquerda, entrou na área adversária e deu o passe. O zagueiro do Águia ainda deu um carrinho para tentar afastar, mas não alcançou e a bola sobrou limpa para José Ednaldo, que só empurrou para as redes. Sinop 2 x 0 Águia Negra.

Aos 39, o time de Mato Grosso do Sul chegou bem. Em bobeada de Tiago Ribeiro, a bola sobrou livre, dentro da área, para o ataque. A defesa conseguiu se redimir, desviando para escanteio. Na cobrança, o Águia bateu errado, sem levar perigo para o Sinop.

Já aos 45, o Sinop marcou o terceiro. Cristian saiu cara a cara com o goleiro, e bateu rasteiro, tirando as chances de defesa e anotando o terceiro gol do Galo do Norte, assegurando de vez a classificação. Sinop 3 x 0 Águia Negra.

Já no apagar das luzes, quando o placar parecia definido, o Galo do Norte marcou o quarto gol. Em bate e rebate dentro da área, a bola sobrou livre para Marllon que bateu forte, no angulo, sem chances de defesa sacramentando o marcador. Sinop 4 x 0 Águia Negra.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo)