Esportes

São Paulo joga mal, mas vence o Fortaleza com gol de Daniel Alves no Morumbi

Em um jogo pouco inspirado, o São Paulo venceu o Fortaleza por 1 a 0, no Morumbi, em partida válida pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O único gol da partida foi marcado por Daniel Alves, que atuou aberto pela direita no meio-campo. Apesar da performance ruim da equipe, a vitória foi importante para diminuir a pressão sobre o time após a eliminação vexatória para o Mirassol.

Com o triunfo, o São Paulo chegou aos seus primeiros três pontos na competição, chegando à sétima colocação com um jogo a menos. Na próxima rodada, a equipe terá pela frente o Vasco, no domingo, às 16h, em São Januário. Enquanto isso, o Fortaleza conheceu sua segunda derrota no Brasileirão, permanecendo na vice-lanterna. O próximo compromisso dos cearenses será contra o Botafogo, no domingo, às 19h30, no Castelão.

Vale destacar que, antes da bola rolar, Vitor Bueno sentiu um desconforto no adutor da coxa esquerda durante o aquecimento e foi barrado. Em seu lugar, Diniz optou pela entrada do garoto Paulinho Boia.

O jogo – O São Paulo começou a partida dominando a posse de bola, porém sem levar grande perigo e apostando em cruzamentos. A primeira grande oportunidade foi do Fortaleza, que chegou com velocidade pela direita. O meia cruzou na segunda trave e Bruno Melo bateu forte de primeira, exigindo defesa de Volpi.

Durante boa parte dos 45 minutos iniciais, o São Paulo pouco conseguiu construir e os principais lances vinham em bolas cruzadas. Foi quando aos 42 do primeiro tempo Reinaldo avançou pela esquerda e cruzou com precisão para a segunda trave, encontrando Daniel Alves. O camisa 10 ganhou a disputa na corrida com Bruno Melo e mandou para as redes.

Antes do intervalo, o Fortaleza chegou novamente com perigo. Dessa vez, após cruzamento em falta da intermediária, Jackson apareceu livre para testar à direita do gol, assustando Volpi.

Logo no início do segundo tempo, o São Paulo tomou um grande susto. Liziero saiu jogando errado dentro da área e a bola ficou oferecida para Juninho, que finalizou forte e cruzado para marcar. No entanto, após a consulta do árbitro de vídeo, Leandro Vuaden anulou o gol, já que a bola havia tocado no braço do volante do Leão.

Com o Tricolor pouco inspirado na frente, o Fortaleza permaneceu no ataque e levou perigo novamente. Romarinho recebeu dentro da área e finalizou rasteiro, obrigando Volpi a mandar para escanteio. Na última chance do Leão, Juninho bateu falta rasteira, a bola desviou na barreira e passou perto da trave. Já os mandantes chegaram com Tchê Tchê, que invadiu a área e finalizou cruzado para boa defesa de Felipe Alves.

Gazeta Esportiva (foto: Rubens Chiri/assessoria)