terça-feira, 5/março/2024
PUBLICIDADE

Santos só empata na Vila e São Paulo fica com vantagem maior

PUBLICIDADE

O Santos recebeu o América, neste domingo, na Vila Belmiro, com uma missão dupla: manter-se vivo na briga pelo título do Campeonato Paulista e garantir a permanência do técnico Oswaldo de Oliveira, muito pressionado nos últimos dias. O meio para chegar a esses objetivos era vencer a partida, mas a equipe falhou e ficou apenas com um empate em 3 a 3.
Com o resultado, o Peixe somou seu 28º ponto na competição e viu o São Paulo, que havia goleado o Marília no último sábado, abrir sete pontos de vantagem na liderança. Já o Diabo, há cinco jogos sem perder, chegou aos 16 pontos e passou a ocupar a 13ª colocação.

O início da partida dava a entender que o Santos venceria facilmente. Robinho e Basílio deram boa vantagem para os donos da casa em pouco menos de 20 minutos, mas o gol de Danilinho, no fim do primeiro tempo, colocou os visitantes no jogo.

Na etapa final, o time de Oswaldo de Oliveira, que mais uma vez foi alvo de gritos pouco simpáticos dos torcedores, mostrou total desorganização tática e permitiu que o artilheiro Finazzi deixasse tudo igual. Nem mesmo a boa atuação de Robinho e o gol de Basílio, salvaram a equipe do tropeço. Aos 22, Guin balançou as redes de Mauro e deu números finais à partida.

O jogo – Dominando as ações no meio-campo, o Santos começou melhor na partida e aproveitou a primeira grande chance que criou. Aos oito minutos, Fábio Baiano fez cruzamento da esquerda e Robinho aproveitou saída em falso do goleiro André para cabecear para o fundo das redes.

O gol animou o Santos, que assustava constantemente o América, especialmente nas investidas de Robinho. Aos 20, o atacante fez grande jogada e bateu para boa defesa de André, mas o lance foi anulado pelo árbitro, que viu toque de mão. Enquanto isso, os visitantes chegavam apenas esporadicamente ao ataque.

Não demorou para que os donos da casa chegassem ao segundo gol. Aos 22, Deivid tramou jogada rápida com Robinho e achou Basílio livre, cara-a-cara com André. O camisa 11 teve apenas o trabalho de dominar e encher o pé para ampliar a contagem. Pouco depois, Deivid perdeu grande chance de definir a partida.

Observando o rombo existente em seu meio-campo, o técnico Roberval Davino sacou Lairson e promoveu a entrada de Emerson. Mais pela acomodação do Santos do que pela alteração, o América voltou a crescer no jogo e achou um gol nos minutos finais do primeiro tempo. Aos 43, Finazzi aproveitou bobeada de Bóvio e rolou para Danilinho, que encheu o pé e acertou o ângulo.

A etapa final começou da maneira como havia terminado a inicial. Aproveitando a lentidão santista, os visitantes estiveram perto de empatar em duas ocasiões, ambas com Danilinho. Para variar, a resposta veio com Robinho, que deixou Deivid livre para perder chance clara.

Visivelmente desgastado, Fábio Baiano deixou o campo para a entrada de Beto. Pouco depois, o Diabo voltou a aproveitar a acomodação do Peixe e chegou ao empate com o artilheiro Finazzi. Aos dez, Du fez boa jogada pela esquerda e achou o camisa nove, que não perdoou de dentro da pequena área.

O América não teve muito tempo para celebrar o empate. Três minutos depois, Robinho fez miséria pela esquerda, invadiu a área e deixou Basílio livre para colocar os anfitriões novamente à frente. Foi o quinto gol do atacante no Campeonato Paulista.

Mais uma vez com vantagem no placar, o Santos voltou a apresentar os erros anteriores. Desorganizado taticamente, dava espaço para as investidas do time de São José do Rio Preto. Foi assim que Guin recebeu na área, aos 22, girou para cima de Bóvio e bateu rasteiro no canto direito de Mauro, que nada pôde fazer.

A partir daí, os gritos da torcida alvinegra, que criticava o técnico Oswaldo de Oliveira foram aumentando. A substituição de Deivid por Evando e a expulsão de Mário, que fez falta dura em Robinho, pouco alteraram o panorama da partida, que terminou mesmo empatada em 3 a 3.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Festival esportivo é concluído e campeões definidos em Sorriso

A 19ª edição do Festival Esportivo da Praça da...

Cuiabá anuncia novo gerente geral das categorias de base

Rafael Fernandes foi anunciado como novo gerente geral da...

Ainda sem treinador, Cuiabá se prepara para duelos decisivos em mata-matas

Já classificado para semifinal do Campeonato Mato-grossense, o Cuiabá,...

Corrida de verão reúne competidores em Lucas do Rio Verde

A Corrida de verão foi realizada ontem de manhã...
PUBLICIDADE