Esportes

Presidente do Luverdense diz que é necessário se adaptar a atual capacidade de investimento

O Luverdense Esporte Clube foi ao mercado da bola e conseguiu fazer contratações importantes, montando grupo com 23 jogadores. De acordo com o presidente Jaime Binsfeld, apesar dos bons nomes à disposição, a diretoria se adaptou a atual capacidade financeira na hora de fechar o contrato com os atletas.

“Dentro da nossa capacidade de investimento, do que a gente pode fazer, a gente precisa se adaptar e se ajustar na condição que temos. Tivemos algumas surpresas boas, desse grupo que montamos no final do ano, dentro do possível conseguimos manter os atletas que queríamos,. Buscamos novos e outros que já conhecemos também”, apontou.

O grupo do Luverdense é mesclado entre experientes e outros mais jovens. “Buscamos dentro desse contexto de mesclar para que a gente possa fazer uma equipe coesa, mantendo o Eduardo que aceitou o desafio. Com um pouco mais de planejamento e começando mais cedo, podemos fazer frente às competições que nos aguardam ao longo de 2021”, completou.

No gol os jogadores do LEC são são Gabriel Félix, Elzo e Lucas. Já nas laterais, o time conta com Lucas Caetano e Robertinho. Fechando o sistema defensivo, na zaga o LEC conta com Lucão, Gustavo, Murilo e Kadu.

Ainda foram contratados os volantes Abuda, Léo Campos, Jean e Profeta. A criação fica por conta dos meias Alan Fabrício, Léo Goteira, Maycon e Rubinho. Fecham o time os atacantes Isac, Gustavo Borges e Lucas Lima. Eles vão disputar a Copa Verde, Copa do Brasil e Campeonato Mato-grossense.

Só Notícias/Luan Cordeiro e Altair Anderli, de Lucas do Rio Verde (foto: assessoria/arquivo)