Esportes

Palmeiras vence Cerro Porteño e encaminha vaga para as quartas de final da Libertadores

O Palmeiras criou boa vantagem nas oitavas de final da Copa Libertadores. Na noite desta quarta-feira, o Verdão venceu o Cerro Porteño por 3 a 0 pelo jogo de ida, disputado no estádio General Pablo Rojas, em Assunção, no Paraguai. Rony (duas vezes) e Murilo anotaram os gols da vitória palmeirense.

Com o resultado, a equipe de Abel Ferreira carrega boa vantagem para o jogo de volta, que acontece na próxima quarta-feira (6 de julho), no Allianz Parque. Em casa, o Palmeiras pode perder por até dois gols de diferença. Uma vitória do Cerro Porteño por três de vantagem leva o confronto para os pênaltis.

O Palmeiras volta a campo neste sábado, às 21h, quando recebe o Athletico-PR no Allianz Parque. O Verdão é líder da competição nacional com 29 pontos, a três de vantagem para o vice Corinthians.

O jogo – O duelo foi bastante amarrado durante todo o primeiro tempo. O Palmeiras tentou tomar para si o controle do jogo, mas encarou uma boa marcação da equipe paraguaia. A primeira grande oportunidade do jogo, inclusive, foi do Cerro Porteño. Espinola foi até a linha de fundo pelo lado direito e cruzou na segunda trave para Alan Benítez, que finalizou em cima da zaga palmeirense.

A única chance de perigo do Palmeiras antes do intervalo aconteceu aos 41 minutos, quando Piquerez criou boa jogada pelo lado esquerdo e cruzou para Rony, que apareceu nas costas do adversário, mas não alcançou a bola. O atacante palmeirense, contudo, estava impedido na jogada.

As duas equipes voltaram para o segundo tempo sem alterações e criaram boas chances nos primeiros minutos. Aos três minutos, Lucena apareceu com perigo no ataque e finalizou por cima do gol de Weverton. A resposta do Palmeiras veio aos seis minutos, quando Gustavo Gómez cabeceou com perigo, por cima do gol.

Depois disso, o Palmeiras cresceu no jogo e pressionou até abrir o placar. Aos 13, Raphael Veiga chutou de fora da área e Jean fez boa defesa. No rebote, Danilo chutou em cima do goleiro novamente. O gol palmeirense saiu aos 15 minutos, quando Gustavo Scarpa cruzou na medida para Rony, que apareceu nas costas da zaga e cabeceou para o fundo do gol.

O Verdão seguiu em cima e conseguiu ampliar o placar em ótima jogada coletiva aos 23 minutos. Dudu fez boa tabela com Gustavo Scarpa, recebeu em profundidade dentro da área e tocou para Rony apenas empurrar para o gol vazio.

Depois disso, o ritmo do Palmeiras na partida diminuiu. Abel Ferreira promoveu as entradas de Gabriel Menino, Veron e Wesley nas vagas de Raphael Veiga, Scarpa e Dudu. Assim, os paraguaios ficaram mais com a bola, enquanto a equipe brasileira apostou mais nos contra-ataques. Foi na bola parada, porém, que os palmeirenses fecharam o placar, com Murilo, aos 41 minutos.

Gazeta Esportiva (foto: César Grecco/assessoria)