quarta-feira, 28/fevereiro/2024
PUBLICIDADE

Palmeiras encara o Vasco e tenta a reabilitação no Brasileiro

PUBLICIDADE

O Palmeiras enfrenta o Vasco, neste sábado, às 16h, no estádio do Parque Antarctica, em São Paulo, pela oitava rodada do Campeonato Brasileiro, em busca da reabilitação na competição e da permanência do técnico Paulo Bonamigo no comando da equipe.

Após a derrota para o Goiás na última rodada, que deixou o time em situação difícil na tabela –está com sete pontos (16ª colocação)–, o técnico passou a ser muito questionado, apesar de contar com o apoio dos jogadores, e um revés neste sábado pode provocar sua saída.

“Estamos ao lado do Bonamigo, gostamos de seu trabalho e esperamos que ele possa permanecer. Se vencermos o Vasco e mais uma ou duas partidas seguidas, tenho certeza de que tudo se tornará mais fácil”, disse o meia Pedrinho, que pode ser a novidade para a partida deste sábado, após se recuperar de contusão.

Se Bonamigo confirmar sua escalação, o meia poderá atuar pela primeira vez no Palmeiras junto com Marcinho e Juninho Paulista. Ele disse estar confiante na futura nova formação.

“Talento a gente sabe que os três têm. Agora precisamos por isso em prática. [O trio] tem tudo para dar certo, mas a gente tem que fazer com que dê certo”, disse Pedrinho.

O técnico Paulo Bonamigo, mesmo com toda a pressão vivida dentro do clube, demonstra otimismo e espera que a partida deste sábado possa dar início à recuperação na competição nacional.

“Tenho convicção de que estamos muito próximos de termos uma qualidade de resultado e que nossa proposta começará a dar certo. Vamos em busca da vitória e tentar fazer uma boa partida”, disse o treinador.

Bonamigo deve fazer modificações na equipe em relação ao último jogo contra o Goiás. Bruno deixará a lateral direita, que será ocupada por Correa. Marcinho passará a fazer dupla de ataque com Gioino, e Warley deixa a equipe. Com isso, Cristian ou Pedrinho devem atuar no meio campo.

O Vasco aparece em 15º no Nacional, com oito pontos, dez atrás do líder Botafogo. O técnico Dário Lourenço estuda a possibilidade de escalar os recém-contratados Gian e Morais nas vagas de Têti e Abedi.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE