segunda-feira, 26/fevereiro/2024
PUBLICIDADE

Operário joga por dois empates para ser campeão mato-grossense

PUBLICIDADE

Os resultados da rodada de ontem à noite, beneficiaram o Vila Aurora na final do Mato-grossense de Futebol deste ano. A vitória por 2 a 1 diate do União e o empate do Operário em 2 a 2, com fizeram com que o time do Vila faça a grande final em casa. A decisão está confirmada para o dia 3 de julho, um domingo. O primeiro jogo das finais será disputado nesse domingo, dia 26, no estádio Verdão.

A confirmação da manutenção da data foi feita pelo presidente da Federação Mato-grossense, (FMF) Carlos Orione. “A decisão será dia 3 mesmo”, confirmou o dirigente.

No entanto, o segundo jogo da final pode ser antecipado para o dia 30 (quinta-feira), já que a maioria dos contratos dos jogadores registrados na FMF expira no dia 30 – a legislação desportiva proíbe o atleta jogar sem contrato de trabalho. No entanto, este ano, vários clubes atuaram de forma irregular, como Berga, Mixto e até o Cuiabá Esporte Clube, sem que a entidade tomasse qualquer providência.

Nas oportunidades em que foi questionado sobre as irregularidades, como a de um jogador chegar num sábado e atuar no domingo, Orione revelou que havia um acordo de cavalheiros com os clubes, na Primeira Fase da competição.

Caso realmente encerrem seus contratos de vínculo com os clubes dia 30, os jogadores teriam como opção uma prorrogação contratual para mais 30 dias; isso oficiosamente, afinal, nem Vila Aurora, nem Operário, pagariam os dias restantes, como tantos outros clubes o fizeram nesta temporada.

De acordo com o regulamento do Campeonato, em seu artigo 17, parágrafo 2º, o Operário joga por dois resultados iguais contra o Vila Aurora, para sagrar-se campeão. Isso porque obteve a melhor campanha na Primeira Fase da competição – fator usado como critério para desempate.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE