Esportes

Operário contrata lateral-esquerdo e trabalha para reforçar setor ofensivo

Após dispensar cinco atletas após a eliminação da Copa do Brasil para aliviar os custos com a folha de pagamento, o Operário de Várzea Grande voltou ao mercado e trouxe para o elenco o lateral-esquerdo Zeca. O atleta de 29 anos disputou o Campeonato Carioca pelo Americano, já assinou o contrato com o Chicote da Fronteira e ontem iniciou os treinamentos no estádio Dito Souza sob o comando do treinador Luiz Gabardo Júnior, que pediu a contratação do atleta.

Zeca tem experiência no futebol com passagens por clubes do Rio de Janeiro, como Madureira, Bangu, Portuguesa e Americano, além de ter jogado no Nordeste em times como Santa Cruz, Icasa-AL, Botafogo-PB, Campinense-PB e Ferroviário-CE, time pelo qual disputou o Campeonato Brasileiro da Série C, terminando em 5º lugar.

Lateral-esquerdo de ofício, Gabardo planeja atuar com Zeca mais recuado para aproveitar os contra-ataques e utilizar o outro lateral-esquerdo, Kaio Cristian, numa função mais ofensiva no setor que é considerado prioritário para a diretoria do Operário.

O Chicote da Fronteira tem até o dia 1º de março para entrosar Zeca com o restante do time. Na data, o Operário volta a campo pela 7ª rodada do Campeonato Mato-grossense e enfrenta o União, às 18h, em Rondonópolis, em jogo que pode valer a vice-liderança.

Só Notícias/Marco Stamm, de Cuiabá (foto: arquivo/assessoria)