Esportes

No primeiro jogo sem Felipão, Grêmio é derrotado pelo Fortaleza e mantém jejum na Série A

A situação do Grêmio na Série A do Campeonato Brasileiro segue muito complicada. Após demitir o treinador Felipão nesta semana, a equipe visitou o Fortaleza no Ceará sob o comando do interino Thiago Gomes. Mesmo com uma partida de equilíbrio, a equipe gaúcha foi derrotada por 1 a 0, no quinto jogo consecutivo sem vitória para os gremistas na competição.

O placar mantém o Grêmio na vice-lanterna da tabela com 23 pontos em 24 jogos – o Santos, primeiro time fora da degola, tem 28, mas conta com um jogo a mais. Para o Fortaleza, a vitória foi importantíssima. A equipe agora é terceira colocada, com 42 pontos.

Pela próxima rodada do Brasileirão, o Grêmio terá confronto gaúcho contra o Juventude, adversário direto na briga contra o rebaixamento. A bola rola neste domingo, na Arena do Grêmio. Já o Fortaleza terá partida contra a lanterna da Série A Chapecoense, fora de casa, no sábado.

O jogo – O primeiro tempo da partida, por mais que sem gols, foi de bastante movimento e equilíbrio, com muitas finalizações para ambas as equipes.

As melhores delas foram do Fortaleza, que parou em defesa no reflexo de Brenno, aos 24, após chute de Matheus Vargas desviar na marcação. Em outra oportunidade, aos 41 minutos, David dominou de costas para o gol na grande área, girou e bateu rasteiro, mas a bola foi para fora, rente à trave direita gremista.

A segunda etapa, assim como terminou a primeira, já começou com chances de gol. Logo aos 7, David ficou cara a cara com Brenno, driblou o goleiro, mas não conseguiu mandar para dentro.

Ao longo do segundo tempo, as equipes continuavam a manter o equilíbrio. O Grêmio também tentava. Aos 23, Ferreira se livrou de dois na entrada da área, mas, na hora de mandar ao gol, foi bloqueado por Marcelo Benevenuto.

O Fortaleza respondeu com Felipe em chute de fora da área que tinha a direção do ângulo, mas Brenno, em bela atuação na noite, foi buscar.

Porém, o goleiro não conseguiu defender todas. Aos 33, Romarinho achou Yago Pikachu com muita liberdade na grande área. O lateral dominou e bateu cruzado, no canto de Brenno, para da a vitória ao Fortaleza.

Gazeta Esportiva (foto: Lucas Uebel/assessoria)