Esportes

Futura venda de Carlos Augusto renderá menos do que o esperado aos cofres do Corinthians

O Corinthians emitiu uma nota oficial nesta sexta-feira para corrigir uma informação que o próprio clube havia divulgado em agosto sobre a negociação do lateral-esquerdo Carlos Augusto.

Na época, o Timão noticiou que receberia 4 milhões de euros (cerca de R$ 25,2 milhões) por 40% dos direitos do jogador de 21 anos e, além disso, teria direito a 60% do valor de uma futura transferência do lateral, cobiçado por outros times europeus.

Entretanto, o clube retificou que esse dado estava equivocado e que, na verdade, o Alvinegro terá direito a 60% do lucro que o Monza obterá em uma possível revenda de Carlos. Essa informação foi divulgada pelo site Globoesporte.com na quinta-feira e confirmada nesta manhã.

Ou seja, a cifra destinada ao Corinthians em uma futura negociação do atleta será menor do que se esperava, e a equipe pode acabar nem recebendo qualquer valor caso os italianos vendam o brasileiro por um valor igual ou inferior aos 4 milhões de euros pagos em agosto deste ano.

Carlos Augusto chegou ao Corinthians em 2011 para atuar pelas categorias de base. Campeão do Paulistão Sub-13, da Copa do Brasil Sub-17 e da Copa São Paulo de Futebol Júnior, ele subiu à equipe principal do Timão em 2018 e fez parte da conquista do Campeonato Paulista do ano passado.

Titular na reta final do Estadual desta temporada, o jogador balançou as redes uma vez em 41 jogos com a camisa alvinegra – contra a Chapecoense, na Arena Corinthians, pelo primeiro turno do Campeonato Brasileiro do ano passado.

Gazeta Esportiva (foto: assessoria)