Esportes

Em noite de Otero, Galo vence o Coxa e sonha com Libertadores

O grande objetivo no momento atleticano é conseguir uma vaga na Copa Libertadores 2018. E mais um importante passo para a equipe mineira foi dado na noite deste domingo, ao vencer o Coritiba, por 3 a 0, com direito a golaço de Otero, no Independência, em duelo válido pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

A rodada até certo ponto ajudou. O Flamengo venceu o líder e campeão Corinthians e está com 53 pontos, três a mais que o Galo. Já o Botafogo, outro concorrente, ficou no empate e está somente a dois de diferença. O Atlético-MG tem 50 tentos, na oitava posição, ganhando a colocação do Vasco, que perdeu para o Atlético-PR.

Conseguir uma vaga na Copa Libertadores em 2018 pode mudar o futuro do Atlético. O time para a próxima temporada pode ter mais ou menos reforços de acordo com a possibilidade de disputar um dos mais importantes torneios do mundo.

A vitória sobre o Coritiba mostrou um Atlético diferente no Brasileirão. A equipe que ganhou o status de ser uma das piores campanhas dentro do Independência, desta vez soube se comportar em casa, se impôs e contou com a noite inspirada do atacante Rômulo Otero que fez dois gols – um deles uma pintura do meio de campo, que nem Pelé fez.

O Galo volta a campo contra o Corinthians, no domingo, às 17h (de Brasília), em São Paulo. Já o Coxa recebe o São Paulo, no Couto Pereira, no mesmo dia e horário.

O Atlético iniciou o jogo muito bem. Antes mesmo de qualquer possibilidade de analise tática, a equipe abriu o placar com Otero, logo aos 4 minutos, em forte chute indefensável para o goleiro Wilson.

Após o tento, o Galo seguiu melhor. O time alvinegro fazia valer seu mando de campo, conseguia dar volume na frente e intensidade para as jogadas na frente. Defensivamente, o Atlético vivia tarde tranquila, sem sustos – parte disso por uma falta de perigo oferecida pelo Coritiba. O Coxa que chegou a Belo Horizonte com uma boa sequência de jogos não conseguiu repetir as atuações que vinha tendo.

Aos 14 minutos, o Galo ampliou o placar. Em cruzamento na área feito por Marcos Rocha com as mãos, na cobrança de lateral, o zagueiro Leonardo Silva subiu mais que todo mundo para colocar a bola no fundo das redes e fazer seu 29º gol com a camisa do clube mineiro.

O tento atleticano não deu tranquilidade para o Coritiba. O Galo tinha a vantagem, mas queria mais. A equipe preto e branco não sofria riscos, com uma boa apresentação de Yago, que deu mais velocidade ao meio campo.

Aos 30 minutos o gol mais bonito da noite. Otero pegou a bola na ponta direita e, do meio de campo, chutou. Ele guardou a bola no fundo das redes pegando o goleiro Wilson despreparado.

Até o fim do primeiro tempo, o Galo ainda teve, pelo menos, duas chances claras para ampliar a contagem e deu bastante sufoco para o Coritiba que nada conseguiu fazer.

O Coritiba voltou mais leve para a etapa complementar. O time de Marcelo Oliveira chegava mais ao ataque e conseguia segurar a bola mais a frente.

O Galo, por sua vez, com o largo resultado nas mãos se segurou mais em campo e esperava o Coxa, deixando o time adversário jogar. Vale ressaltar também que Robinho teve uma queda de rendimento na volta do intervalo e deixou o gramado aos 15 minutos para a entrada de Luan. Pouco depois Cazares foi para a partida.

O Atlético, porém, não conseguia mais ter a intensidade do primeiro tempo e o Coxa seguia atacando o time alvinegro. No entanto, oportunidade clara de fazer um gol aconteceu somente aos 41, com um desvio de cabeça de Henrique Almeida e a boa defesa do goleiro Victor.