segunda-feira, 20/maio/2024
PUBLICIDADE

Deyverson comemora ‘doblete’ na Sul-Americana e destaca jogo aéreo; “meu forte”

PUBLICIDADE
Só Notícias/Ana Dhein (foto: assessoria/arquivo)

O atacante Deyverson comemorou bastante os dois gols marcados ontem, na vitória do Cuiabá por 2 a 0, sobre o Metropolitanos, na Venezuela, pela segunda rodada da Copa Sul-Americana. O triunfo deixou o Dourado na liderança do grupo G. Deyverson que chegou a oito gols em 15 jogos na temporada, enalteceu a equipe e relembrou o gol anulado durante a partida.

“Estou muito feliz por tudo que Deus tem me proporcionado, como sempre falo e sempre vou falar, a minha esposa que é a chave disso tudo, muito importante para me estar focado, só pensando em jogar futebol, ajudar o Cuiabá, meus companheiros como eles têm me ajudado também, ao Cristiano (presidente do Cuiabá), que sempre nos propõe coisas maravilhosas para que a gente dentro de campo a gente possa depositar o máximo. Estou muito feliz por esses três gols que eu fiz, um não valeu, mas tem problema nenhum. O pênalti que eu sofri, mas isso não resulta só em deles, isso resulta em todo o grupo, eu sou muito feliz por tudo que eu estou vivendo aqui no Cuiabá”, disse.

O artilheiro do Dourado também falou o seu forte jogo aéreo. “É realmente, a gente sempre vem falando de treinamento, que tem um que forçar nessa jogada, com o meu forte é o que, jogo aéreo, então fomos felizes, graças a Deus, ele fez um cruzamento sensacional, foram dois cruzamentos sensacionais que eu pude fazer o gol na virtude que eu sou mais forte, que é o cabeceio”.

O Cuiabá agora terá pela frente dois desafios em campeonato distintos. No final de semana fará a estreia no Campeonato Brasileiro que é o principal objetivo da equipe, além da próxima semana disputar as semifinais da Copa Verde. “Nós sabemos que tem muitos jogos pela frente, são muitos campeonatos que o Cuiabá está disputando e todos os jogadores vão ser essencial, muito importante, poder correr esses campeonatos que vai começar agora, com o Brasileiro já fora de casa. A gente sabe a importância de todas as competições, estar focado, com o pé no chão, a gente sabe que a gente não ganhou nada ainda, isso é o começo de coisas que tem boas pela frente, que Deus vai nos dar o propósito de poder viver, tudo aquilo que ele tem para a gente para cada um aqui, tenho certeza que aqui ninguém mexe sozinho, somos um grupo, somos o Cuiabá”, destacou Deyverson.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE