quinta-feira, 18/julho/2024
PUBLICIDADE

Cuiabá perde para Cruzeiro e é vice-lanterna no Brasileirão

PUBLICIDADE
Só Notícias com Gazeta Esportiva (foto: assessoria)

O Cuiabá acaba de perder para o Cruzeiro (MG), por 2 a 1, no Mineirão, na oitava rodada do Brasileirão. Matheus Pereira e Rafa Silva marcaram para o time mineiro e Pitta diminuiu para o time mato-grossense. O confronto foi em Minas Gerais, o Cuiabá amargou a sexta derrota em oito jogos e segue no Z4 com quatro pontos. O Cruzeiro tem 13 pontos e subiu para sexta posição.

O duelo começou sem muitas emoções: os dez primeiros minutos foram das equipes se estudando, sem criação de oportunidades. No entanto, a partir dos 15 minutos, os dois times começaram a gostar mais da partida e tentaram alguns chutes à gol, mas sem sucesso.

Aos 21 minutos, a Raposa teve sua primeira oportunidade mais clara. Matheus Pereira lançou William, que apareceu pelo lado direito e cruzou de cabeça para o meio da área. Rafa Silva se esticou todo, mas não conseguiu pegar em cheio na bola e ela foi pela linha de fundo.

Com 27 minutos, o Cruzeiro desperdiçou sua melhor chance no jogo. William retomou no meio-campo e acionou Matheus Pereira. O camisa 10 cruzou para o meio da área e Rafa Silva chegou batendo e, após desvio, a bola sobrou com Barreal. O jogador ficou cara a cara com o goleiro Walter, porém parou em boa defesa do arqueiro do Cuiabá.

Com 41 minutos no relógio, o Cuiabá teve tudo para abrir o marcador. Após Pitta ter a finalização travada dentro da área, a bola sobrou com Clayson. O atacante recebeu e ficou cara a cara com o goleiro Anderson, mas pegou mal na bola e finalizou por cima do gol.

No entanto, quem inaugurou o placar foi o Cruzeiro. Já nos acréscimos, William apareceu pelo lado direito e cruzou para dentro da grande área. O goleiro Walter saiu mal, Matheus Pereira subiu mais alto que a zaga do Cuiabá e cabeceou para o fundo das redes: 1 a 0.

No próximo domingo, o Cuiabá joga em casa contra o Fortaleza, às 17:30h.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE