quinta-feira, 22/fevereiro/2024
PUBLICIDADE

Cuiabá e Várzea Grande dividem títulos na 2ª etapa do Jorem’s

PUBLICIDADE

As delegações de Cuiabá e Várzea Grande confirmaram a escrita e tiveram o domínio na segunda etapa dos Jorem’s (Jogos Regionais Estudantis Mato-grossenses), encerrada na noite desta sexta-feira, no ginásio Fiotão. A competição foi promovida pelo Governo do Estado por intermédio da Seel (Secretaria de Esportes e Lazer), em parceria com a Prefeitura Municipal de Várzea Grande.

Dos dez torneios coletivos disputados – vôlei, handebol, basquete, futsal e futebol (no masculino e feminino) – a equipe da Capital ficou com cinco títulos e um vice-campeonato. A equipe várzea-grandense foi campeã em duas modalidades e pegou seis vice-campeonatos, se garantindo para a fase estadual (Jogos Estudantis Mato-grossenses), em oito modalidades. Cáceres foi a terceira na classificação geral, depois de ser campeão em duas modalidades e pegar mais dois vice.

Uma das disputas que mais chamaram a atenção nesta etapa, foi o campeonato de futebol. A equipe cacerense se sobressaiu vencendo nos dois naipes (masculino e feminino). Na decisão do masculino, Cáceres conquistou o título com vitória de 3 a 1 sobre os donos da casa em jogo agitado no miniestádio do Ipase. No feminino, que teve chave única, Cáceres levantou o título por pontos corridos. No último jogo, vitória sobre Várzea Grande, por 9 a 0.

No futsal masculino, Cuiabá comemorou o título ao vencer na decisão a equipe várzea-grandense pelo placar apertado de 3 a 2. No feminino, a equipe cuiabana repetiu a dose sobre Várzea Grande, com vitória de 4 a 3. Pelo handebol masculino, em chave única, Várzea Grande Grande foi a campeã, vencendo, em seu último jogo o time de Pontes e Lacerda por 37 a 13. No feminino, Cuiabá levou a melhor na disputa por pontos corridos, levantando o título com duas rodadas de antecedência.

Já no basquete, os meninos de Várzea Grande fizeram a festa e quebraram a longa hegemonia de Araputanga. Na última partida, vitória incontestável sobre o time do interior, por 70 a 41. No feminino, ocorreu o inverso, com a equipe de Araputanga vencendo as várzea-grandenses por 73 a 22.

O torneio de vôlei, como era esperado, foi uma das vedetes da torcida em Várzea Grande. No feminino, houve o inevitável encontro entre Cuiabá e Várzea Grande, sob forte agitação do público. Depois de começar perdendo o primeiro set, a equipe cuiabana virou o jogo e venceu por 3 a 1 em uma partida equilibrada.

A equipe dirigida pelo técnico Chocolate, vibrou muito. “Foi um jogo de muita rivalidade e bastante disputado como os outros. As meninas de Várzea Grande valorizaram muito nossa conquista”, disse a ponta Daniele Esteves, do time cuiabano. Do outro lado, Eloísa Fernanda (saída de rede), de Várzea Grande, lamentava a derrota na final, mas estava feliz de ver sua equipe classificada para os JEM’s: “Fazemos vôlei com muito amor e vamos nos preparar com a finalidade de ir bem na fase decisiva”.

A decisão do vôlei masculino também foi equilibrada. Cuiabá acabou vencendo por 3 sets a 0, mas teve muito trabalho diante da garra da equipe cacerense que fez o jogo se alongar em sets apertados de 25×22, 26×24 e 25×23. “Foi nossa vitória mais difícil em toda a competição. O time de Cáceres tem uma garra incrível e dificultou ao máximo. Felizmente conseguimos a vitória”, disse o capitão da equipe cuiabana, Cézar Luiz Correa, que tratou de descartar o favoritismo da Capital nos JEM’s. “Tem outras equipes que estão fortes e no mesmo ritmo que o nosso. Vai ser muito concorrido”.

Após a final, o time de Cáceres estava satisfeito pela classificação. “Talvez tenha faltado um pouco mais de ânimo para que pudéssemos reverter o placar no jogo decisivo. Mas, o fato de termos feito uma boa campanha e conseguido a vaga nos JEM’s já foi de grande valia”, analisou Mariano Garcia, o capitão da equipe cacerense.

Segundo Mariano, os Jorem’s promovidos pelo Governo são um evento de grande importância para o esporte regional. “É um estímulo ao esporte, pois a competição nos permite realizar intercâmbio e assim conhecer novas pessoas”. O técnico do time de Cáceres, Fábio Penha exaltou a realização dos eventos promovidos pela Seel como um fator decisivo na formação de bons cidadãos. “Já vi dezenas de meninos saírem do caminho da marginalidade para praticar o esporte. O Governo está de parabéns por promover estes jogos e dar a chance de vida saudável à juventude”, complementou.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

PUBLICIDADE