quinta-feira, 29/fevereiro/2024
PUBLICIDADE

Cruzeiro vence Internacional pelo Brasileirão

PUBLICIDADE

Em uma partida muita disputada, o Cruzeiro derrotou o Inter, no Mineirão, por 3 a 2 neste domingo, pela segunda rodada do Campeonato Brasileiro. O time do técnico Levir Culpi, que foi vaiado pela torcida cruzeirense durante quase toda a partida, chegou aos 4 pontos, na competição. O Inter perdeu suas duas primeiras partidas e ainda não pontuou na competição.

O destaque da partida foi Maurinho. Beneficiado pela deficiência defensiva do Inter, o ala do cruzeiro criou as jogadas dos três gols da equipe mineira.

O jogo: O início do jogo foi terrível para o Inter. Envolvido pelo Cruzeiro, a equipe gaúcha ficou em desvantagem no placar logo aos 3 minutos, quando Gavilán foi driblado por Maurinho e derrubou o ala do time mineiro na área. Fred bateu a penalidade com categoria e abriu o placar.

Perdido na defesa, o time de Muricy Ramalho não conseguia conter os avanços do Cruzeiro. E o segundo gol dos mineiros aconteceu aos oito minutos. A jogada começou novamente com Maurinho, que encontrava muita liberdade pela esquerda. O ala aproveitou um contra-ataque e meteu na área para Weldon, que ampliou.

A sorte colorada foi que, dois minutos depois, Rafael Sobis conseguiu cavar um pênalti. Ele invadia a área do Cruzeiro quando foi derrubado pela zaga. Com a categoria que o levou a seleção brasileira, Fernandão cobrou e descontou para o Inter.

O gol trouxe alguma tranqüilidade ao Inter, que melhorou sua saída de bola do Inter e passou a atacar o Cruzeiro. Com a lesão muscular de Marcelo Batatais, Levir Culpi foi obrigado a improvisar Marabá na zaga, fragilizando seu sistema defensivo. E o Inter se aproveitou disso.

Aos 19 minutos, Fernandão recebeu cruzamento da direita e tocou de voleio, por cima do gol de Fábio. O atacante teve mais uma boa chance aos 22, quando recebeu passe de Sobis, destaque do Inter no primeiro tempo, e chutou de virada, para fora. O empate colorado veio aos 28 minutos. Depois de boa jogada pela direita, Fernandão tocou na área para Rafael Sobis. O atacante estava impedido, mas mesmo assim tocou para as redes e empatou a partida.

Com o jogo parelho, as duas equipes tiveram chances iguais de atacar, mas não houve mais chances claras de gol na primeira etapa. O Cruzeiro foi para o intervalo sob fortes vaias de sua torcida direcionadas especialmente ao técnico Levir Culpi. Já o Inter levou para o vestiário a preocupação com a volta da lesão de Clemer, que não voltou para a segunda etapa.

Inter e Cruzeiro voltaram a campo apostando nas mesmas armas que utilizaram no primeiro tempo. O time da casa abusava dos avanços do ala Maurinho e o Inter explorava a força do atacante Rafael Sobis. A primeira chance do Cruzeiro foi aos oito minutos, quando Maurinho cruzou para Fred cabecear por cima do gol de Marcelo.

Já o Inter chegou bem aos 11, com Perdigão, que pegou uma sobra de bola na frente da área, mas chutou por cima. Um minuto depois, o volante, que estreava no Inter, trocou passes com Sobis e chutou contra a defesa, cavando escanteio.

O Inter já estava melhor em campo quando o Cruzeiro teve duas oportunidades seguidas com Martinez, em dois chutes longos, aos 28 e aos 31 minutos. Nos dois lances, porém, o jovem goleiro Marcelo pegou.

A resposta colorada veio com Sobis, em jogada pela esquerda, aos 33 minutos. O atacante invadiu a área livre mas chutou em cima de Fábio. Mas no contra-ataque, o destaque do Cruzeiro, Maurinho, foi mais eficiente. O ala invadiu a área colorada e deixou Maldonado livre para marcar o terceiro gol do Cruzeiro.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

Cuiabá conhece adversário das oitavas na Copa Verde

Bicampeão da Copa Verde, o Cuiabá conheceu o seu...

Grêmio é derrotado pelo São Luiz e volta a perder título da Recopa Gaúcha após 3 anos

O São Luiz conquistou seu primeiro título da temporada....
PUBLICIDADE