quinta-feira, 22/fevereiro/2024
PUBLICIDADE

Corinthians goleia e é líder provisório doi Brasileirão

PUBLICIDADE

Inspirados, o zagueiro Sebá e o atacante Carlitos Tevez foram os grandes responsáveis pela vitória do Timão em cima do Coritiba na noite desta quarta-feira, no Pacaembu. Sebá jogou sua melhor partida na zaga, e Carlitos, com dois gols, definiu o resultado ainda no primeiro tempo.

A vitória de 3 a 0 sobre o Coxa levou o Timão novamente à liderança provisória do Brasileirão. Para se manter em primeiro, o Alvinegro precisa torcer para que a Ponte Preta não vença o Flamengo na partida que começou as 21h45.

No próximo sábado, às 16 horas, o Timão volta ao Pacaembu para receber o São Caetano, e no domingo, às 18h10, o Coxa terá um difícil compromisso, pois vai a Campinas enfrentar a Ponte Preta.

O jogo: O plano do Coritiba de segurar o ímpeto inicial do Timão não deu certo, e o Alvinegro saiu na frente logo em sua primeira estocada. Aos quatro minutos, Gustavo Nery serviu para Roger, que, de primeiro tocou para Carlitos Tevez invadir pela esquerda e fuzilar: 1 a 0.

Curiosamente, a vantagem no placar fez o Timão recuar e deixar espaços no meio-campo. A equipe só voltou a acordar aos 15 minutos. Coelho fez lançamento perfeito para Tevez, que só não fez o gol porque Márcio Egídio cortou com a mão. Na cobrança da falta, o próprio Coelho acertou o travessão.

A partida continuou movimentada e o Corinthians mantinha o controle das ações, graças à segurança de Sebá na zaga e as arrancadas de Gustavo Nery pela esquerda. Foi em uma jogada do camisa quatro que o segundo gol quase saiu, mas o goleiro Vizzotto, corajoso, interceptou o cruzamento rasteiro para Jô.

O time paranaense pouco criou, e durante os primeiros 45 minutos chegou somente três vezes ao gol de Fábio Costa, com Marquinhos em chutes de longa distância e Rubens Júnior, por cobertura.

Apesar das boas presenças de Sebá e Nery, a etapa inicial teve um único dono: Carlitos Tevez. Aos 24 minutos, o endiabrado argentino arrancou em direção ao gol paranaense e só parou após ver o chute certeiro, de pé direito, estufar as redes de Vizzotto: 2 a 0. Na comemoração, a estrela alvinegra correu em direção ao banco e abraçou o zagueiro Marinho, sacado da equipe após as más atuações contra Cruzeiro e Santos.

Aos 38, o último momento do primeiro tempo foi tenso. Roger cobrou falta para a área e, na tentativa de fazer o corte, o zagueiro Alexandre Luz acabou batendo cabeça com cabeça com o goleiro Vizzotto, que caiu desacordado no gramado, e lá permaneceu por três minutos, para depois, com a cabeça devidamente enfaixada, prosseguir no jogo.

Pressão sem efeito: O Coritiba voltou para a segunda etapa com Tiago no lugar de Rubens Júnior, e disposto a mudar a história da partida, e foi todo pressão sobre o Alvinegro durante os primeiros 20 minutos.

Sentindo a apatia da equipe, o guerreiro Carlitos Tevez passou a marcar a saída de bola do goleiro Vizzotto, e por pouco não marcou seu terceiro gol ao tentar roubar a bola com um carrinho.

O esforço do camisa dez alvinegro não contaminou os companheiros, e o Coritiba continuou mandando no jogo. A situação só não se complicou porque faltou qualidade técnica aos paranaenses, que não conseguiam transformar a superioridade em gols.

Irritado, Márcio trocou Jô por Bobô e Roger por Hugo, e o time melhorou um pouco. A pressão paranaense diminuiu, e embalado pelos gritos da Fiel, o terceiro gol se desenhou. Aos 30, após cobrança de escanteio de Coelho, Bobô e Gustavo Nery desperdiçaram boas chances.

No minuto final, mesmo não jogando bem, o Timão ampliou. Bobô fez linda jogada pela esquerda e tocou para Tevez, que encheu o pé. Vizzoto rebateu e Bobô, sem trabalho nenhum, fez 3 a 0 e fechou o caixão paranaense.

COMPARTILHE:

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE

Mais notícias
Relacionadas

União Rondonópolis perde para Atlético e está fora da Copa do Brasil

O União está eliminado da Copa do Brasil. Há...

Equipe da Paraíba marca duas vezes no final e elimina Cruzeiro na Copa do Brasil

O Cruzeiro encerrou nesta quarta-feira, de maneira precoce, a...
PUBLICIDADE