Esportes

Corinthians confirma devolução de atacante que voltará para equipe da Europa

O Corinthians confirmou na tarde desta terça-feira que não ficará com Yony González. Em nota oficial divulgada no site do clube, a diretoria do Timão admitiu que, após conversa com a comissão técnica, decidiu por liberar o atacante.

Desta maneira, o colombiano voltará ao Benfica, com quem tem contrato vigente. O vínculo de empréstimo com o clube paulista se encerrou em 30 de junho. O Timão só seria obrigado a adquirir Yony se o jogador fizesse, no mínimo, cinco jogos pela equipe.

O gringo participou de quatro partidas no intervalo exato de um mês, de 15 de fevereiro a 15 de março. Neste período, defendeu o Timão contra São Paulo, Água Santa, Santo André e Ituano, não venceu nenhum e o colombiano também não marcou gol.

Apesar de a direção não ter deixado de conversar com Tiago Nunes, o valor que a compra representaria em um momento de crise financeira foi o fator primordial para a opção. A compra de Yony González custaria pouco menos de 3 milhões de euros, aproximadamente R$ 18 milhões, aos cofres alvinegros. Com este montante, o Corinthians pode quitar dois meses de salários de todo o elenco ou até mesmo comprar Victor Cantillo e ainda ficar com troco, por exemplo.

Sem Yony, o Corinthians terá Everaldo e Janderson, além dos garotos da base, à disposição do treinador, que pode até escalar Jô e Mauro Boselli juntos diante da necessidade.

Gazeta Esportiva (foto: Daniel Augusto Jr./assessoria)