Esportes

Sinop segue firme no G4 do Estadual mesmo com poucos recursos financeiros

Mesmo com pouco investimento, ajuda e envolvidos à frente da diretoria, o Sinop Futebol Clube vem conseguindo se manter firme dentro das quatro linhas, fazendo bons jogos e acumulando resultados positivos. O presidente do time, Agnaldo Turra reconheceu a necessidade de buscar reforços, mas o fator financeiro tem sido a principal barreira.

“Infelizmente na diretoria estamos sozinhos, muita gente diz que vai ajudar, mas não faz nada. Eu sei tudo que nós fazemos fora de campo, poucos ajudam. Sabemos que temos um time limitado, que precisamos contratar, mas é fato que não há condições, e eu não vou fazer coisas que já fizeram no passado e deixar o Sinop com mais dívidas”, lamentou Turra, em entrevista, ao Só Notícias.

Atualmente, a folha salarial mensal do Galo do Norte é de aproximadamente R$ 70 mil. “Talvez essa semana com a abertura de um novo patrocínio que está para chegar, a gente possa contratar mais duas peças que seriam importantes para reforçar o grupo para a reta final da competição”, adiantou.

Apesar dos problemas fora das quatro linhas, Turra avaliou que dentro de campo o time vem se portando bem e atendendo a expectativa da diretoria. “Agora estamos com a classificação praticamente encaminhada e estamos mais tranquilos, nós esperávamos classificar. Dentro do possível, o Sinop está bem e contamos com o apoio da torcida já no próximo jogo, em casa, diante do Luverdense”, completou.

Classificação
1 Cuiabá – 16 pontos
2 União de Rondonópolis – 14
3 Operário Várzea-grandense – 11
4 Sinop – 10
5 Nova Mutum – 8
6 Dom Bosco – 8
7 Poconé – 7
8 Luverdense – 5
9 Mixto – 4
10 Araguaia – 0

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: assessoria/arquivo)