Esportes

Calleri reestreia, São Paulo vence o Atlético-GO no Morumbi e se afasta do Z4

O São Paulo voltou a vencer após quatro jogos. Recebendo o Atlético-GO neste domingo, no Morumbi, pela 21ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Tricolor entrou em campo pressionado por um resultado positivo após a eliminação na Copa do Brasil, mas conseguiu fazer o dever de casa, se impondo diante do adversário para garantir o triunfo por 2 a 1, gols de Rigoni e Luciano. Matheus Barbosa descontou para o Dragão.

Com o resultado, o São Paulo se afastou da zona de rebaixamento. Indo aos 25 pontos, o Tricolor assumiu a 12ª colocação, posição que já garante a equipe na próxima edição da Copa Sul-Americana. O objetivo de Crespo e seus comandados, no entanto, é se classificar para a Copa Libertadores.

Jonathan Calleri fez sua reestreia pelo São Paulo, entrando na vaga de Luciano, já na reta final do segundo tempo, e teve boas participações nas ações ofensivas, mas não a ponto de balançar as redes. Gabriel Neves, outro reforço tricolor, também foi acionado na etapa complementar, substituindo Rodrigo Nestor.

O próximo compromisso de Crespo e seus comandados no Brasileirão acontece na quarta-feira, contra o América-MG, no Morumbi, um duelo direto na luta contra o rebaixamento. Já o Atlético-GO encara o Cuiabá no domingo que vem.

O jogo – O Atlético-GO entrou mais ligado e quase abriu o placar logo aos dois minutos, quando André Luís ficou com a bola dominada dentro da área, driblou Reinaldo e chutou próximo à trave de Tiago Volpi. O São Paulo respondeu com Rigoni, aos dez, tocando na saída de Fernando Miguel, mas faltou pontaria ao argentino.

A partir daí o São Paulo tomou o controle do jogo e passou a levar perigo para o goleiro do Atlético-GO com mais frequência. Primeiro foi a vez de Gabriel Sara driblar Willian Maranhão e bater para o gol, mas a bola saiu mascada. Depois, Fernando Miguel teve de fazer boa defesa para evitar o gol de Igor Vinícius, após boa trama entre Luciano e Reinaldo.

De tanto insistir, o São Paulo conseguiu abrir o placar aos 35 minutos. Rigoni iniciou a jogada, se livrou da marcação e abriu na direita para Rodrigo Nestor, que cruzou na cabeça do argentino, concluindo com maestria, sem chances para Fernando Miguel.

O Atlético-GO ainda tentou correr atrás do prejuízo antes de ir para o intervalo e até chegou a balançar as redes com André Luís, que aproveitou o rebote de Tiago Volpi após defender chute de Baralhas para estufar as redes, mas o atacante estava impedido.

Segundo tempo

O São Paulo foi para o segundo tempo com Galeano na vaga de Igor Vinícius, que deixou a partida após jogar boa parte do primeiro tempo com o olho inchado devido ao choque com Willian Maranhão. E foi justamente o paraguaio que criou a primeira boa chance, soltando uma bomba, no cantinho, e forçando o goleiro adversário a fazer boa defesa.

Mas o segundo gol do São Paulo saiu em jogada semelhante à do primeiro tento. Luciano deu bom passe em profundidade para Galeano, que fez o cruzamento rasteiro para o meio da área, completado justamente pelo camisa 11, que, assim como Rigoni, começou e concluiu o lance.

Só que o Atlético-GO não se deu por vencido. O técnico Eduardo Barroca promoveu algumas mudanças na equipe e foi justamente uma delas que marcou o gol do Dragão. Aos 25 minutos, André Luís conseguiu fazer o giro dentro da área e cruzou rasteiro, encontrando Matheus Barbosa, que deu um carrinho no segundo pau para estufar as redes no Morumbi.

A reta final da partida foi marcada pela forte pressão do Dragão, que tomou conta do jogo em busca do empate, mas a defesa do São Paulo se manteve firme para garantir a suada vitória e importante vitória no estádio do Morumbi.

Gazeta Esportiva (foto: assessoria)