Esportes

Atlético-MG volta a vencer o América e avança à final do Estadual

O Atlético-MG está na final do Campeonato Mineiro. Nesta quarta-feira, na Arena independência, o Galo bateu o América-MG por 3 a 0, pela semifinal, e garantiu a sua vaga na decisão. O gols da classificação foram marcados por Réver, Marrony e Savarino, na segunda etapa.

Na busca de seu 45º título mineiro, o Galo encara agora o Tombense na decisão. Como a equipe de Tombos fez a melhor campanha, o jogo de ida, no dia 26, tem mando do Galo, enquanto a volta será com o mando da equipe do interior no dia 30. O horário e o local será definido posteriormente, em acordo da Federação Mineira de Futebol com os clubes. Esta é a 14ª vez seguida que o Atlético-MG marca presença na final do estadual.

Os primeiros minutos foram de pouca criatividade, mas de muita luta das duas equipes. Em alguns momentos, a vontade nas disputas de bola até passou dos limites e resultou em faltas duras. Aos poucos, entretanto, os ânimos se acalmaram e o Galo passou a controlar a posse de bola, ainda que sem conseguir criar boas oportunidades.

Com o gramado em condições ruins, o Atlético-MG teve dificuldade de trocar passes rápidos para envolver o rival, que estava bem postado defensivamente. A melhor chance antes do intervalo veio já aos 45, quando Matheusinho aproveitou o vacilo da zaga do Galo e finalizou firme para linda defesa de Rafael.

Em seguida, na cobrança do escanteio, a bola cruzou toda a área atleticana e desviou no braço do zagueiro Réver. O árbitro nada assinalou, e ainda manteve a decisão depois da checagem do VAR, apesar da grande reclamação do América.

Se a dificuldade de construir as jogadas pelo chão impedia o Galo de chegar com perigo, foi a partir da bola parada que a equipe abriu o placar na volta do intervalo. Aos 10 minutos, Savarino cobrou escanteio com veneno e Réver subiu mais alto que a zaga para cabecear para o fundo das redes.

Precisando da virada, o América-MG se lançou ao ataque, mas viu o Atlético-MG ampliar com os espaços cedidos. Marrony recebeu lançamento de Savarino, passou pela zaga e perdeu o ângulo na saída de Airton. Ainda assim, o garoto conseguiu se ajeitar e aproveitou o goleiro adiantado para tocar com categoria por cobertura e ampliar para o Galo.

O Atlético-MG tinha o controle do jogo e estava com a vaga assegurada, mas apareceu mais uma vez no ataque para anotar o gol que fechou o placar. Aos 40, após boa jogada coletiva, Savarino recebeu no lado esquerdo da área e bateu rasteiro. A finalização foi sem muita força, mas o goleiro Airton falhou no posicionamento e viu a bola passar entre as suas pernas antes de encontrar as redes.

Gazeta Esportiva (foto: Bruno Cantini/assessoria)