Esportes

Atlético-MG empata contra Ceará com um a menos e lidera o Campeonato Brasileiro

O Atlético-MG manteve a liderança do Campeonato Brasileiro na tarde deste domingo. No Estádio Castelão, atrapalhado por casos de covid-19, o desfalcado time mineiro chegou a sair na frente, mas tomou a virada e, com a menos em campo, precisou buscar o empate por 2 a 2 contra o Ceará.

Atlético-MG e Flamengo contabilizam os mesmos 39 pontos em 22 partidas, mas o time mineiro leva vantagem no número de vitórias (12 a 11) e, portanto, figura no primeiro lugar. Já o Ceará aparece no 14ª posto com 25 pontos, um a mais que o Atlético-GO, primeiro integrante da zona de rebaixamento.

Pela 23ª rodada do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG volta a campo para enfrentar o Botafogo às 21h30 (de Brasília) desta quarta-feira, no Estádio do Mineirão. O Ceará, por sua vez, pega o Vasco, também ameaçado, às 18 horas de segunda, em São Januário.

O Jogo – O Atlético-MG inaugurou o marcador aos 28 minutos do primeiro tempo. Após cobrança de escanteio pela esquerda, Igor Rabello cabeceou para grande defesa de Fernando Prass e, no rebote, cruzou para Sasha completar de puxeta para o dentro do gol.

O Ceará voltou atento para a etapa complementar e iniciou sua reação logo aos 2 minutos do segundo tempo. Léo Chú avançou pelo meio e deixou Lima na cara do goleiro Rafael para finalizar com precisão, igualando o marcador no Estádio Castelão.

O time mandante soube como aproveitar o momento favorável dentro da partida e virou aos 10 minutos da etapa complementar. Em jogada pelo lado direito, Samuel Xavier levou até o fundo e cruzou rasteiro para Felipe Vizeu apenas completar na segunda trave.

A situação do Atlético-MG ficou ainda mais complicada aos 24 minutos do segundo tempo. Após dividida pelo alto entre Dylan Borrero e Léo Chú, orientado pelo VAR, o árbitro Raphael Claus reviu o lance pelo monitor e decidiu mostrar o cartão vermelho ao atleta do time mineiro por uma cotovelada.

Logo após a expulsão, Marrony foi lançado nas costas da defesa pela esquerda e, na tentativa de passar por Fernando Prass, acabou sofrendo pênalti do goleiro do Ceará. Aos 28 minutos do segundo tempo, Keno bateu no canto direito e empatou para o Atlético-MG.

Aos 44 minutos do segundo tempo, Samuel Xavier cruzou da direita e Vina completou de letra para o gol, mas a arbitragem assinalou impedimento de maneira correta e anulou o gol do Ceará. Assim, o confronto disputado no Estádio Castelão terminou empatado.

Gazeta Esportiva (foto: assessoria/arquivo)