Educação

Unemat mantém aulas suspensas e serviços administrativos retornam na 2ª feira

Os diretores de todos os campi da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), reitor, vice-reitor e pró-reitores decidiram, há pouco, em reunião manter as aulas da instituição suspensas por prazo indefinido. A informação foi confirmada, ao Só Notícias, pela assessoria da instituição.

Durante a reunião, os diretores chegaram a debater a possibilidade de haver aulas à distância, no entanto, optaram por não adotar a modalidade no momento. “No momento não haverá oferta, ou substituição da graduação regular presencial pela modalidade EaD. Existem professores e técnicos na universidade que não tem formação para oferta de curso nessa modalidade”, consta na nota da assessoria da Unemat.

“A partir da próxima semana também haverá curso de formação e capacitação de professores e técnicos para passarem atuar na modalidade à distância. A intenção é que com isso a reposição das aulas possa acontecer por dessa maneira, mas, no momento, não há previsão continuar as aulas por EaD. Essa medida seria adotada somente após o retorno da normalidade para reposição”.

Por outro lado, os membros definiram que as atividades administrativas serão retomadas a partir da próxima segunda-feira de maneira gradativa, com atendimento liberado ao público. “Segunda e terça-feira vai haver discussão em cada campus, para tratar da estrutura necessária para atendimento seguindo as recomendações da Organização Mundial de Saúde (OMS), que é distanciamento de 1,5 metro, reforço da higiene, limpeza de todos os locais, disponibilização de máscaras à todos os servidores, de álcool em gel, para garantir condições de segurança e saúde a esses profissionais que retornarem as atividades”, acrescentou.

Apesar da retomada do atendimento, a assessoria enfatizou que “preferencialmente será feito o atendimento através de agendamento, para evitar qualquer tipo de aglomeração nos locais”.

Ainda foi pontuado que novas decisões podem surgir nos próximos dias e uma possível retomada das aulas poderá ser definida. “Estamos aguardando novo decreto do governo do Estado, e a Unemat está atenta, acompanhando para seguir as recomendações e orientações do governo”.

Só Notícias/Luan Cordeiro (foto: Só Notícias/Guilherme Araújo/arquivo)