Educação

Unemat discute vestibular com sistema de cotas

As experiências desenvolvidas pelas universidades brasileiras em torno da estruturação dos sistemas de seleção para cotas, motivaram as discussões do 2º Seminário sobre Políticas Afirmativas na Universidade do Estado de Mato Grosso, Unemat. O evento realizado durante a semana passada em Cáceres (220 km da capital) objetivou a operacionalização dos critérios do vestibular 2005/02 da Unemat em torno da implantação do sistema de cotas para negros.

Na ocasião, representantes da Coordenadoria de Concursos e Vestibulares da Unemat discutiram procedimentos de seleção com membros de instituições que já desenvolvem programas de cotas como a Universidade Estadual do Rio de Janeiro (UERJ), Universidade do Estado da Bahia (Uneb) e Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).

A partir do segundo semestre deste ano, 25% do total das vagas oferecidas pela Unemat em cursos regulares, turmas especiais e projetos de formação de professores serão destinadas a estudantes negros que indicarem a opção pelas cotas. A proposta presente no programa de Integração e Inclusão Étnico-Racial da Unemat foi aprovada em dezembro de 2004 pelo Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (Conepe).

Segundo a resolução do Conepe, a inscrição do candidato às vagas previstas no sistema de cotas será realizada por meio da auto-declaração e da indicação do grupo racial a que pertence.

Além da implantação de cotas, a Unemat incrementa programas de apoio a permanência do aluno, como os que já são desenvolvidos pela pró-reitoria de Extensão e Cultura (Proec) por meio da Coordenadoria de Assuntos Comunitários e Estudantis, (CACE) que oferta bolsas apoio, monitoria e atividade. Entre as ações do Programa está a criação de uma ouvidoria que promova a inclusão no cotidiano universitário de estudantes negros e pertencentes a outras minorias.

Estiveram presentes no seminário os professores Cleverson Daniel Dutra (UEMS), Márcia Souto Maior Mourão de Sá (UERJ), Roselene D`Apresentação da Procuradoria Geral da Uneb; reitor da Unemat, Taisir Karim; pró-reitora de Extensão e Cultura, Solange Ikeda; diretor do Instituto de Administração, Ciências Contábeis e Econômicas, Paulo Alberto; coordenadora da Covest/Unemat, Geysa Atala; assessora da Pró-reitoria de Ensino de Graduação, Jocineide Macedo e assessora da Covest, Renilce Miranda, além de representantes de Centros de Direitos Humanos.