Educação

Última semana para inscrições no vestibular da Unemat com vagas em Sinop e outros municípios

Encerra neste domingo, o período de inscrições para as 3.020 vagas no vestibular da Universidade Estadual de Mato Grosso, o certame é para ingresso no segundo semestre deste ano. As oportunidades são para 72 cursos, distribuídos em 16 municípios do Estado. A taxa é de R$ 100.

Todos os cursos oferecidos destinam 30% das vagas para estudantes oriundos de escolas públicas, 25% para candidatos pretos e 5% para candidatos indígenas. As outras 40% das vagas são para ampla concorrência.

As provas serão realizadas nas cidades de Água Boa, Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Bugres, Brasnorte, Cáceres, Campos de Júlio, Colíder, Comodoro, Cuiabá, Diamantino, Juara, Nova Mutum, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, Sinop e Tangará da Serra.

O resultado final será divulgado a partir do dia 26 de julho. O período letivo terá início no dia 5 de agosto, e o curso de medicina está previsto para dia 7 de outubro.

Em Sinop são ofertadas vagas para administração, ciências contábeis, ciências econômicas, engenharia civil, engenharia elétrica, sistemas de informação, geografia, letras, matemática e pedagogia. Já Nova Mutum terá administração, agronomia e ciências contábeis. Colíder tem vaga para o curso de direito. Alta Floresta terá agronomia, ciências biológicas, direito e engenharia florestal, e Juara com administração e pedagogia.

Em Cáceres tem oportunidade para agronomia, ciência da computação, ciências biológicas, ciências contábeis, direito, enfermagem, educação física, geografia, história, letras, matemática, medicina e pedagogia. Água Boa: direito (matutino e noturno). Barra do Bugres a oferta é para arquitetura e urbanismo, ciência da computação, direito, engenharia de produção agroindustrial, engenharia de alimentos e matemática, em Brasnorte terá o curso de direito.  Rondonópolis tem vaga para ciência da computação e letras. Campos de Júlio terá administração e direito. Comodoro a vaga é para direito (matutino e noturno). Diamantino conta com administração, direito, educação física e enfermagem. Nova Xavantina terá agronomia, ciências biológicas, direito (matutino e noturno), engenharia civil e turismo. Pontes e Lacerda conta com direito, letras e zootecnia, e Tangará da Serra terá administração (matutino e noturno, agronomia, ciências contábeis, ciências biológicas, enfermagem, engenharia civil, jornalismo e letras.

Redação Só Notícias