Educação

Secretaria define que alunos da rede estadual terão aulas transmitidas pela TV em Mato Grosso

Os alunos das escolas estaduais de Mato Grosso passarão a contar com mais uma ferramenta de estudo não presencial a partir do dia 18 deste mês. Em uma parceria firmada com a Assembleia Legislativa e o governo do Estado vai disponibilizar videoaulas transmitidas pela emissora. De acordo com a assessoria, serão de segunda a quarta-feiras, das 7h às 8h, com reprises de quinta-feira ao sábado, no mesmo horário. A Seduc e a Assembleia estão estudando a possibilidade de reprisar os conteúdos também de segunda à sexta-feira, no período da noite.

Hoje, a secretária de Estado de Educação, Marioneide Kliemaschewsk, se reuniu com a equipe de técnicos da TV Assembleia para tratar dos últimos detalhes dos programas que serão exibidos. Nesse primeiro momento serão disponibilizadas aulas para os estudantes do ensino médio, com conteúdos das quatro áreas do conhecimento que são cobradas no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Kliemaschewsk explicou que a parceria significa um avanço na área da educação, pois é a possibilidade de levar o conhecimento a milhares de famílias dentro das suas próprias casas. “Através da TV Assembleia nós conseguiremos chegar mais próximo dos nossos alunos, que nesse momento não podem frequentar a escola, garantindo assim a continuidade da aprendizagem e do conhecimento”.

A ideia, segundo a secretária, é continuar com essas transmissões pela TV mesmo após o retorno das aulas. “Queremos dar sequência nessa parceria porque sabemos que a tecnologia faz parte da educação e nós precisamos nos apropriar dela para auxiliar nossos alunos na aprendizagem”.

O superintende da TV Assembleia, Jaime Neto, destacou que essa é uma ação muito importante para todo Mato Grosso, pois a TV Assembleia é uma emissora pública e que atinge a todos os municípios do Estado. “A TV Assembleia é voltada não somente para as transmissões dos atos do legislativo, mas também para ofertar educação e cultura para toda a sociedade mato-grossense e esse, sem dúvida nenhuma, é um marco para todos nós”.

A aulas transmitidas pela TV fazem parte das ações do Aprendizagem Conectada, que disponibiliza aos estudantes várias atividades pedagógicas que podem ser acessadas por meio da internet (computador e dispositivos móveis).

As atividades estão sendo produzidas, semanalmente, para os alunos da educação infantil, ensinos fundamental e médio, nas diversas modalidades e áreas de conhecimento. Também são disponibilizados vídeos, jogos, leituras, videoaulas, uma série de atividades diversificadas para que o aluno possa utilizar seu tempo de isolamento social aprendendo.

O Aprendizagem Conectada, conforme destaca o coordenador do Ensino Médio da Seduc, Isaltino Barbosa, conta com a colaboração de 250 profissionais de todo o Estado de Mato Grosso. São profissionais tanto das escolas da rede pública estadual como também da privada, que estão colaborando com essa ação de forma voluntária.

Para os alunos da rede estadual que não têm acesso à internet, a Secretaria de Estado de Educação (Seduc) também disponibiliza o material pedagógico impresso. A Seduc já distribuiu mais de 50 mil apostilas com as atividades para estudantes da rede estadual que não possuem acesso à internet. Os pais dos alunos podem procurar as unidades de ensino e solicitar o material.

A secretrair está disponibilizando às escolas recursos, por meio do Projeto Político Pedagógico/Plano de Desenvolvimento da Escola (PPP/PDE), para arcar com as despesas das apostilas.

Redação Só Notícias (foto: assessoria/arquivo)