Educação

Prefeitura em Mato Grosso autoriza retorno das aulas presenciais

A prefeitura de Rondonópolis (212 quilômetros de Cuiabá) autorizou a retomada das aulas presenciais nas instituições particulares, não valendo para as escolas da rede municipal, que permanecerão com o ensino à distância. A sanção vale para alunos que tenham a partir de 12 anos de idade.

O decreto assinado pelo prefeito Zé Carlos do Pátio (SD) começa a valer no dia 3 de novembro. As aulas estavam suspensas desde março deste ano, quando a pandemia assolou o Brasil. As escolas deverão estar adequadas seguindo todas as medidas de biossegurança estipuladas pelo Ministério da Saúde.

O retorno será facultativo e as unidades deverão seguir com as aulas virtuais. Seguindo as determinações do decreto, será medida a  temperatura, utilizando o distanciamento social de 1,5 m, bem como o uso de máscaras e higienização dos ambientes.

Por enquanto, será proibida as atividades educacionais que ocorra qualquer forma de contato físico, tais como as aulas de educação física e que envolvam jogos coletivos. A prefeitura informou que o  decreto poderá ser revisto a qualquer momento, de acordo com a evolução epidemiológica da COVID-19 do município de Rondonópolis.

Em Mato Grosso, conforme Só Notícias já informou, a secretaria estadual de Educação decidiu manter as aulas presenciais suspensas, levando em consideração a situação sanitária da pandemia da Covid e as orientações de saúde. De acordo com a assessoria, as aulas da rede estadual serão concluídas neste ano de forma não presencial e irão até o dia 18 de dezembro. Com isso, não ocorrerá retorno de estudantes para aulas presenciais nas escolas.

Redação Só Notícias (foto: Wheverton Barro/assessoria)