Educação

Prefeitura de Sinop disponibiliza plataforma para alunos acessarem atividades online

A prefeitura disponibilizou o “Sinop Online”, que é uma plataforma digital onde cada aluno, tanto do ensino infantil e fundamental conseguem ter acesso às aulas remotas já que as presenciais estão suspensas desde o último dia 17 por conta das medidas restritivas determinadas através de decreto.

Na plataforma é disponibilizada uma série de atividades pedagógicas, programadas para serem estudadas no decorrer de cada dia da semana, e estão separadas por série e disciplina. O conteúdo curricular foi reorganizado para atender as necessidades dos alunos em cada nível, etapa e modalidade da educação fundamental.

As atividades remotas permanecem com tarefas e demais ações, entre alunos e professores, mesmo que à distância. O objetivo é manter o vínculo para que quando as aulas forem retomadas de forma presencial, o aluno se sinta acolhido em sala.

Desenvolvido pelo setor pedagógico da secretaria municipal de Educação, Esporte e Cultura, as aulas são compostas por vídeoaulas, áudios explicativos, atividades e jogos ou brincadeiras de entretenimento e tarefas que estimulem o aprendizado dos alunos.

Para as famílias que não têm acesso à internet, as unidades escolares disponibilizam apostilas para os alunos da educação infantil. Para os alunos do ensino fundamental são disponibilizados livros didáticos, além de auxílio aos pais no entretenimento dos alunos durante o período de pandemia.

A secertária Sandra Donato, destacou o trabalho da equipe pedagógica no atendimento aos pais e alunos diariamente. “A Educação do município fará com que o material educativo chegue a todos os alunos da rede municipal. Nosso principal meio de comunicação com os alunos e a família, nesse período de pandemia, é a internet, através do site, e, das redes sociais. Uma ferramenta muito utilizada pelas nossas escolas para estreitar esse relacionamento, é o WhatsApp”.

Donato afirmou ainda que “procuramos identificar as tarefas que podem ser transpostas, facilitadas ou repensadas para o meio digital. O objetivo é incentivar o professor a utilizar um ambiente virtual de aprendizagem, com o auxílio da plataforma criada. A proposta também é deixar claro para o professor que ele não está só nesse novo processo de ensino-aprendizagem remoto. Estamos todos juntos para fazer o melhor para os nossos alunos”, assegurou Sandra.

As análises para o retorno gradual seguem as determinações do cenário epidemiológico local e serão realizadas quando o município avançar para nova fase. O objetivo é oferecer um ambiente mais seguro para profissionais e alunos.

O calendário escolar da rede de Sinop, iniciou no dia oito de fevereiro, na modalidade online, para aproximadamente 17, 8 mil alunos.

Redação Só Notícias (foto: Só Notícias/Diego Oliveira/arquivo)