Educação

MEC anuncia apoio de R$ 360 milhões a itinerário formativo do novo ensino médio

O Ministério da Educação lançou hoje um programa de apoio financeiro para implementação do itinerário formativo, uma das etapas do novo ensino médio, que será concretizada em 2022 e vai permitir que os alunos aprofundem conhecimentos em uma ou mais áreas de seu interesse. Segundo o ministro da pasta, Milton Ribeiro, foram repassados R$ 360 milhões para mais de 4 mil escolas selecionadas pelo projeto.

De acordo com o ministro, a nova opção curricular do ensino médio vai priorizar áreas estratégicas para o país e direcionar a jornada estudantil com destino à universidade. “O novo ensino médio não pode ser para poucos, e seguiremos atentos, trabalhando efetivamente para diminuição das desigualdades em nosso país”, afirmou.

Com os chamados itinerários formativos, após concluir a formação curricular básica, cada estudante vai escolher a área em que deve seguir, de acordo com os interesses e necessidades pessoais. Os itinerários se dividem em cinco: matemáticas e suas tecnologias, linguagens e suas tecnologias, ciências da natureza e suas tecnologias e ciências humanas e sociais aplicadas. O quinto itinerário prevê a formação técnica e profissional.

Em Mato Grosso, conforme Só Notícias já informou, o governador Mauro Mendes pediu prioridade da secretaria de Educação na implementação do Novo Ensino Médio. As mudanças, com a formação profissional e técnica, começam a valer em 2022 para cerca de 50 mil alunos do 1º ano do Ensino Médio da rede pública de ensino. “É uma grande oportunidade de fazer um Ensino Médio que agregue valores, oportunidades aos nossos estudantes”, afirmou Mauro Mendes, no mês passado.

Este ano, a Matriz do Novo Ensino Médio será aplicada em 71 escolas que oferecem o Ensino Médio em Mato Grosso e já tem requisitos técnicos, como ensino em período integral. Em 241 escolas será aplicada a Matriz de Transição.

Só Notícias com Agência Brasil